10 dicas de segurança nas compras online

As vendas online devem ter crescimento superior a 30% nesse Natal. A estimativa é da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) e da empresa e-Bit, que preveem que as lojas eletrônicas tenham faturamento de R$ 1,63 bilhão no período natalino de 2009 – 30% de aumento em relação ao ano passado, sem contar sites de leilão e as passagens aéreas. De acordo com pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP), 21% das compras de Natal deste ano serão feitas pela internet — em 2007, a participação da web foi de 11,6%.

O aumento do número de internautas, de sua confiança em relação ao meio e o fato de as pessoas perceberem as vantagens de uso da internet para negócios e transações estão entre os motivos que impulsionaram o crescimento do e-commerce, segundo Djalma Andrade, coordenador do Movimento Internet Segura. Além disso, o índice de confiabilidade dos internautas brasileiros também tem aumentado.

Além da comodidade, a internet atrai esses consumidores pelos preços mais em conta e as facilidades de pagamento oferecidos por boa parte das lojas virtuais. Este é o mesmo chamariz utilizado por golpistas para atrair o consumidor desavisado e, com isso, roubar informações, dinheiro ou dados. Por isso é preciso atenção à loja.

Primeiro caso: evite ofertas muito abaixo do preço de mercado – variações entre 10% e 20% são normais. Se o produto estiver muito mais barato, toda cautela é pouca. A segunda tentativa de golpe mais comum é: você nunca comprou na loja Y e recebe um e-mail acusando compra ou pedindo confirmação de dados. APAGUE. Com certeza é golpe. Na dúvida, é melhor falar com o SAC da loja, acrescenta Godinho.

Para evitar riscos e ameaças na hora das compras de Natal, a Trend Micro dá dez dicas de segurança para os internautas:

1. Evite comprar em sites desconhecidos

2. Certifique-se que o site oferece proteção por meio de recursos como SSL – Secure Socket Layer

3. Utilize um número de conta virtual, que cria um código aleatório de cartão de crédito — o que torna virtualmente impossível o roubo de dados bancários

4. Verifique as políticas da loja em relação à localização física, entrega, formas de pagamento, garantia do produto e condições de troca

5. Mantenha registro de toda a troca de e-mails referente à compra

6. Não confie em e-mails que solicitam confirmação de dados

7. Preste atenção nos e-mails recebidos e tenha cuidado ao abrir anexos ou clicar em links de mensagens recebidas, ainda que elas aparentemente tenham sido enviadas pela loja virtual na qual você é cadastrado. Os e-mails podem esconder vírus ou programas que visam capturar informações importantes, como dados de contas bancárias

8. Leia as opiniões sobre a empresa e os produtos que comercializa

9. Muita atenção na hora de digitar sua senha nos pagamentos com cartão de crédito e débito. Confira se o campo em que você está digitando sua senha é mesmo o destinado à senha

10. Atualize sempre o seu sistema operacional e tenha um software de segurança (antivírus) sempre atualizado.

Vocês entenderam porque comprar com o PagSeguro é mais simples? As nossas lojas e vendedores oferecem conforto, segurança e todo mundo sai ganhando.

Boas compras e feliz Natal!