Escolha uma boa ferramenta de envio de emails

posicionamiento web, Casimusica, CC-BY

Escolher uma ferramenta profissional para enviar e-mails é fundamental para uma boa campanha. Ainda é bastnte comum que empresários usem os clientes de e-mail instalados (Outlook, Thunderbird e suas variações) para enviar comunicados. Mal sabem eles que isso é muito ruim. Como controlam as aberturas? Os cliques? Os endereços? Sem contar que podem – e em geral são – colocados nas blacklists de spam.

O email marketing é uma estratégia muito eficaz, quando usado corretamente. Portanto é fundamental que você tenha uma boa ferramenta para criar e distribuir suas campanhas. Com elas, além de evitar que as pessoas não recebam a sua mensagem, você pode até criar filtros e focar no público-alvo adequado.

Além de segmentar sua base de envio e disparar os emails de forma ágil e segura, ele cria relatórios pós-envio, para que você tenha controle do sucesso da campanha e possa otimizar os acertos e corrigir os erros. Além disso, estas ferramentas ajudam a formular subjects (o assunto) adequados ao perfil do público-alvo em questão, auxiliam na elaboração de mensagens condizentes com o objetivo da campanha e agilizam o processo do envio.

Serviços disponíveis: online ou instalado?

Existem softwares e serviços online. Fizemos uma rápida comparação para ajuda-lo a escolher:

  • Relatórios: Em geral, os softwares têm menos tópicos em seus relatórios. Eles contam e-mails enviados com sucesso, número de opt-out (cancelamento), quantos foram abertos e pouca coisa mais.
    Os serviços online, em geral, vão além: contam cliques, respostas, encaminhamentos, bounces (e-mails inválidos) e podem ter até funções sociais.
  • Custos: O software você paga uma única vez. As versões básicas disponíveis vão de 45 dólares a 495 dólares. Os mais profissionais custam entre 179 e 985 dólares. Embora não sejam exatamente baratos, costumam ser mais viáveis que os serviços online, que cobram taxas mensais pelo número de disparos. Os custos ficam entre 10 e 500 dólares para até mil e-mails e entre 7 e 5 mil dólares para volumes maiores. Como existem muitos serviços, é preciso pesquisar muito para encontrar o melhor custo benefício. Detalhe: vários serviços conceituados oferecem vantagens para quem dispara poucos e-mails. No caso de um pequeno negócio, os serviços online podem sim, sair de graça e fazer o serviço de forma profissional.
  • Requisitos técnicos: Se você instalar o software, precisa de um servidor SMTP (de envio de e-mails) e o número de e-mails, velocidade de disparo e erros vai depender dele. Já nos serviços online, basta ter acesso à internet. Você cria a campanha, indica a segmentação e o serviço cuida do resto.

Uma lista com alguns serviços disponíveis:

Via: Blog do Ecommerce, TopTen Reviews e Email Marketing Options, imagem: Casimusica, CC-BY

 

Wikipedia: The symbol for the element sulfur.