Associação Brasileira de Comércio Eletrônico nasceu!

Nasceu uma nova entidade para o comércio eletrônico brasileiro: a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Com sede em São Paulo, a associação já conta com mais de 500 empresas relacionadas ao comércio eletrônico, entre lojas virtuais e fornecedores de serviços. O objetivo é representar as micro, pequenas e médias empresas do setor nas questões regulatórias.

Mauricio Salvador, seu presidente, diz o crescimento do comércio eletrônico brasileiro e o volume atual do faturamento das lojas virtuais, finalmente chamou a atenção dos Órgãos Públicos, que já começaram a discutir alterações na legislação brasileira, visando adaptá-la ao mundo digital.

“O problema é que não há nenhuma entidade representando as micro, pequenas e médias empresas do varejo digital. Do jeito que estão propondo mexer nas leis, os preços praticados pelas lojas virtuais ficarão mais caros do que nas lojas físicas. Em nenhum outro lugar do mundo é assim”, diz Salvador.

Essa preocupação diz respeito às propostas de mudanças na cobrança de ICMS nas vendas entre os Estados, o que afeta diretamente as vendas online. Além disso, está sendo discutido um novo capítulo no Código de Defesa do Consumidor (Lei 8078/1990), voltado para o comércio eletrônico. O anteprojeto foi apresentado em março, depois de um ano de trabalho de uma comissão de juristas nomeada pelo Senado Federal.

Salvador afirma que há pontos no projeto que vão na contramão das estratégias de marketing na Internet. “O conceito de opt-in, ou seja, no qual o consumidor dá permissão para receber ofertas das lojas e de parceiros, por exemplo, foi ignorado. Já tivemos outras intervenções do Governo, como a obrigatoriedade de entrega com hora marcada, que não pode ser cumprida pelas lojas virtuais sem que os custos sejam repassados ao consumidor”, diz Salvador.

Para se associar, basta preencher o formulário no site http://www.abcomm.com.br. Não há custos de anuidade e os associados tem benefícios tais como acesso à estudos exclusivos, descontos em eventos, treinamentos e serviços de tecnologia de empresas associadas.

E não deixe de oferecer o PagSeguro como forma de pagamento e aproveitar todos os benefícios. Cadastre-se agora mesmo:

Cadastre-se agora mesmo no PagSeguro!