Natal deve resultar em R$ 3,25 bi no e-commerce brasileiro

Presepio, por Kevin Dooley, CC-BY

Um levantamento realizado pela e-bit revelou que o comércio eletrônico deve faturar R$ 3,25 bilhões com as vendas de produtos no final do ano. O valor é 25% maior do que em 2011, quando o setor faturou R$ 2,6 bilhões.

“O Natal é, sem sombra de dúvidas, a data sazonal mais importante para o e-commerce. Para se ter uma ideia, esse faturamento previsto corresponde a 15% da previsão para o ano todo, que é de R$ 22,5 bilhões”, explica a diretora de negócios da e-bit Cris Rother.

Para atender a demanda, os lojistas já começaram a se preparar reforçando sistemas de processamento de pedidos, logística e atendimento, além de investir em treinamento profissional e contratação de equipes temporárias.

Segundo a e-bit, o resultado de todo esse trabalho já pode ser percebido. O percentual de pessoas que afirmaram ainda esperar pela entrega de compras realizadas no mês de outubro é de 12%, o que representa uma redução de 3 pontos, se comparado ao mesmo período de 2011.

“Devemos ter um excelente Natal esse ano, tanto em faturamento quanto na melhoria dos indicadores de satisfação”, afirma o diretor-geral da e-bit, Pedro Guasti.

Via: UOL Economia, foto: Kevin Dooley, CC-BY

2 opiniões sobre “Natal deve resultar em R$ 3,25 bi no e-commerce brasileiro”

  1. O crescimento, no entanto, é menor que o previsto, de 25%. Entre os fatores que contribuíram para frear o consumo para o Natal estão a promoção Black Friday e o endividamento das famílias, segundo a e-bit.

  2. Para quem entrega via correios se queima geral no comércio essa época do ano. Entregas erradas, desviadas …ainda bem que não dependo deles.Feliz Ano Novo!

Os comentários estão encerrados.