Mudança do ICMS e seu impacto no e-commerce

estrategiasmobile

O e-commerce brasileiro conseguiu superar a crise em 2015 e registrou um crescimento nominal de 15% no faturamento.

Essa notícia seria de grande alegria para quem cuida de um e-commerce no Brasil, porém a mudança na regra de cobrança do ICMS transformou o cenário em algo não tão otimista.

Mas você sabe o que muda?

Antes, a alíquota do ICMS que deveria ser paga era definida com base no estado onde o empreendedor se encontra. Todo o valor ia para este estado, enquanto o local de destino não recebia nada.

Agora, o ICMS será dividido entre os dois estados envolvidos na transação. E o empreendedor será responsável por calcular a diferença entre a alíquota do estado de destino e a alíquota interestadual.

A alíquota, com o tempo, será mais direcionada ao estado de destino, evitando a concentração do dinheiro recebido pelo imposto nos centros de distribuição. A partir de 2019, por exemplo, o estado de origem só receberá a interestadual, enquanto o estado de destino ficará com o restante.

Ou seja, agora você tem mais uma etapa na hora de realizar uma venda: calcular a diferença entre a alíquota dos estados envolvidos na negociação e essa burocracia pode atrapalhar o desenvolvimento do negócio. Portanto, prepare-se para colocar mais essa função na rotina.

Porém, acompanhando as tendências de mercado, a venda em dispositivos mobile deve crescer em 2016, assim como o número de vendas online que já vem apresentando resultados positivos, enquanto o mercado tradicional apresenta resultados negativos. E o crescimento esperado para 2016 no setor é de 8%. Mesmo abaixo dos dois dígitos do ano anterior, ainda é uma margem otimista para o setor.

Portanto, já está na hora de criar as suas estratégias para fazer de 2016 um ano de sucesso para o seu e-commerce e se preparar para os novos cálculos. E se precisar de ajuda, pode contar com o PagSeguro.

Fontes:
http://idgnow.com.br/internet/2016/02/24/e-commerce-deve-crescer-8-no-brasil-em-2016-apesar-do-imbroglio-do-icms/
http://www.ebc.com.br/noticias/economia/2015/12/entenda-mudancas-na-cobranca-do-icms
https://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/o-icms-no-e-commerce-a-partir-de-janeiro-de-2016/
http://www.infracommerce.com.br/operacoes/novas-regras-de-recolhimento-de-icms-para-o-e-commerce-no-brasil
http://exame.abril.com.br/pme/noticias/saiba-o-que-acontece-na-sua-empresa-com-a-mudanca-no-icms