Arquivo da categoria: Mercado

Mulheres Empreendedoras: Inspire-se com as Histórias Delas

As histórias mulheres corajosas e lutadoras vão te inspirar.

Um levantamento da Global Entrepreneurship Monitor (GEM) aponta que o Brasil já possui 7,9 milhões de mulheres empreendedoras

Muitos motivos levam as mulheres a empreender. Existem aquelas que empreendem porque é um sonho, enquanto outras querem ter mais liberdade e alcançar a tão sonhada independência financeira. Por fim, há quem empreenda por necessidade.

Independentemente de suas motivações, é possível chegar ao sucesso mesmo com todas as dificuldades impostas pelo mercado. Por isso, o PagSeguro selecionou 5 mulheres empreendedoras e bem-sucedidas para você se inspirar. Confira:

Cleusa Maria da Silva – Franquia Sodiê Doces

De doméstica a dona da Sodiê Doces, maior franquia de bolos artesanais do Brasil, com mais de 290 lojas em todo o país. Quem hoje vê Cleusa Maria da Silva nem consegue imaginar todas as dificuldades que ela já enfrentou na vida.

Aos 9 anos de idade, Cleusa cortava cana para ajudar a mãe com as despesas de casa. Anos depois, mudou-se para a capital de São Paulo e começou a trabalhar como doméstica, mas foi no interior paulista, na cidade de Salto, que ela aprendeu a preparar bolos.

Com as economias de dois anos, Cleusa abriu sua primeira unidade Sodiê. O sucesso dos bolos foi tão grande que muitas pessoas da capital faziam questão de viajar para comprar os bolos de Cleusa. Entre idas e vindas, um cliente sugeriu a expansão da loja pelo modelo de franquias. Ela aceitou.

Chieko Aoki – Blue Tree Hotels

Formada em Direito pela USP, com cursos de Administração na Universidade de Sofia, em Tóquio, e de Administração Hoteleira, na Cornell University, nos Estados Unidos, Chieko Aoki ingressou no mercado hoteleiro no início da década de 1980, quando exercia o cargo de diretora de marketing e vendas de uma rede de hotéis de luxo.

Ela chegou a trabalhar em diversos lugares do mundo, como Brasil, Estados Unidos, Europa e Japão. Mesmo com uma carreira consolidada no mundo corporativo, Chieko Aoki resolveu empreender e, em 1997, lançou a bandeira Blue Tree Hotels. Atualmente, a marca está presente nas cinco regiões do país, com 22 unidades.

Candice Pascoal – Kickante

Nascida em Juazeiro, no interior da Bahia, Candice Pascoal é uma das fundadoras e CEO da startup de crowdfunding Kickante. Após anos trabalhando com grandes nomes da música, a empreendedora se tornou referência quando o assunto era arrecadação de fundos para projetos artísticos e sociais.

Candice resolveu transformar sonhos em realidade. Foi assim que nasceu, em 2013, a Kickante. Até o começo de 2017, a plataforma online já havia captado mais de 40 milhões de reais para financiar projetos de todos os tipos.

Em meio a tanto sucesso, o reconhecimento veio em forma de prêmio. Candice ganhou o tradicional Cartier Women’s Initiative Awards 2017 da América Latina, que tem como objetivo identificar e apoiar negócios inovadores liderados por mulheres.

Luiza Trajano – Magazine Luiza

Até a década de 1990, o Grupo Magazine Luiza estava longe de ser o que é hoje. Aliás, era apenas uma pequena loja do interior de São Paulo que tinha o nome A Cristaleira. A história começou a mudar quando Luiza Helena Trajano assumiu o comando da empresa fundada por seus tios.

A loja, então, adquiriu outras redes concorrentes e se transformou no Grupo Magazine Luiza. Atualmente, com mais de 700 lojas físicas, a empresa está presente em 16 estados brasileiros. Tão ambiciosa quanto antenada às tendências de mercado, Luiza Helena Trajano foi responsável por fazer da marca uma das pioneiras do e-commerce brasileiro.

Claudia Bittencourt – Grupo Bittencourt

Claudia Bittencourt era casada, com duas filhas e executiva de uma grande empresa do ramo de fertilizantes. De repente, sua vida mudou. Após a falência da empresa onde trabalhava, Claudia ficou viúva e responsável por cuidar de duas crianças.

Diante da dificuldade, ela teve forças para empreender. Em 1982, a empreendedora abriu sua consultoria no estado de Goiás, com o objetivo de reestruturar empresas que passavam por momentos delicados.

Atualmente, o Grupo Bittencourt se dedica ao segmento de franchising. O grupo é responsável pelo desenvolvimento de mais de 2 mil projetos para que empresas possam operar no modelo de franquias.

PagSeguro é parceiro das mulheres empreendedoras

Independentemente do setor de atuação, você pode contar com as soluções do PagSeguro para receber o dinheiro de seus clientes e para melhorar a gestão financeira de seus negócios.

Todos os serviços do PagSeguro não cobram aluguel nem taxa de adesão. Conheça todas as nossas soluções para vendas presenciais e vendas pela internet.

Sucesso na sua caminhada!

5 dicas para deixar seu e-commerce mais eficiente e lucrativo

e-commerce eficiente e lucrativo

O número de e-commerce vêm crescendo a cada ano, conheça nossas dicas para deixar o seu ainda mais lucrativo e eficiente.

Não basta somente vender, é necessário que as vendas façam diferença no caixa, existem alguns pontos que devem ser observados para que um e-commerce seja mais eficiente e consequentemente mais lucrativo.

Dicas para aumentar a eficiência de um e-commerce:

1 – Fluxo de Caixa

Controle seu fluxo de caixa. Fique de olho nas finanças e principalmente nas pequenas compras. Estas normalmente fogem do controle habitual, mas se somadas viram uma grande despesa. Uma caneta jogada fora todo mês com um custo de R$ 1,00 gera no final de ano R$ 12,00 a menos no seu caixa.

2 – Fornecedores

Reveja sempre seus contratos com fornecedores. Veja sempre com eles a possibilidade de adequar o contrato às novas demandas sem perder lucratividade. Pesquise novas matérias-primas e tecnologias.

3 – Desperdícios

Corte os desperdícios ao máximo. O ideal é zerar todos eles e existem alguns mais fáceis de identificar como, por exemplo, embalagens que estão sendo jogadas foras. Já outros requerem um olhar mais atento, como o tempo de embalagem e despacho.

4 – Experiência do Cliente

Faça pesquisas de opinião. Pergunte para seus clientes o que acharam de cada detalhe do processo da compra, não deixe de oferecer cupons de desconto para estimular o preenchimento da pesquisa e gerar novas vendas. Você ficará surpreendido com a qualidade das informações que irão ajudar seu negócio a ir cada vez mais longe.

5 – Estatísticas

Fique de olho nas estatísticas de acesso. Verifique se muitos internautas estão entrando no seu site e não estão comprando. Faça um mapeamento do caminho que percorrem no site e faça mudanças no design do seu ponto de vendas virtual.

Gostou das dicas? Acompanhe o Blog do PagSeguro para ficar sempre atualizado sobre dicas para melhorar o seu negócio.

Quer soluções financeiras? Acesse o Site do PagSeguro e conheça os nossos produtos e soluções.

Conheça o PagSeguro TEF – Solução de pagamento para grandes varejistas

PagSeguro TEF

O PagSeguro tem soluções para todos os tipos e tamanhos de negócio. A mais recente de todas atende o grande varejo, que tem um fluxo de caixa muito intenso.

Trata-se da solução para o sistema TEF (Transferência Eletrônica de Fundos), que conecta a solução de automação comercial com as administradoras de cartão. Essa tecnologia possibilita maior controle das vendas, agilidade na conciliação, emissão de nota fiscal e comunica todas as transações automaticamente à Receita Federal.

Basicamente, esse sistema de PDV conta com PINPad (um leitor de cartão), software de automação e leitor de código de barras. Então, na hora da venda, você insere o cartão do cliente no PINPad, que capta os dados. Na sequência, o concentrador de TEF recebe a transação e a submete para aprovação no PagSeguro, que logo processa a transação nas operadoras de cartão e envia uma resposta ao estabelecimento.

A seguir, entenda quais são os benefícios que o seu negócio pode ter com o PagSeguro TEF:

Variedade nas transações

Ao utilizar o PagSeguro TEF, você aceita as principais bandeiras de cartões: Mastercard, Visa, Elo, Hipercard e Hiper. Isso sem falar dos vouchers, como Ticket, Sodexo e VR.

Seu estabelecimento pode oferecer uma grande variedade de pagamento aos seus clientes, eles conseguem pagar com os seguintes tipos de transações:

  • Débito à vista
  • Crédito à vista
  • Crédito parcelado em até 12x
  • Vouchers (alimentação, refeição e cultura) 

Controle e gestão eficiente do seu negócio

O PagSeguro TEF proporciona mais agilidade e facilidade para você gerenciar o seu o negócio com relatórios em tempo real de todas transações: por loja, por dia, por PDV ou por bandeira. Contando ainda com Conciliação Integrada e Extrato Eletrônico gratuito. 

Flexibilidade na hora de receber

Você tem fácil acesso para definir os planos de recebimento do dinheiro conforme as taxas mais vantajosas para o seu negócio. Sua empresa pode optar entre os planos de 30, 14 ou 1 dia para recebimento.

7 domicílios bancários

Sua empresa pode contar com até 7 domicílios bancários para movimentar o valor das transações. Você tem liberdade para escolher um banco de sua preferência e ainda tem a opção de utilizar o Cartão Pré-Pago PagSeguro.

Mais economia para seu bolso

Assim como todas as outras soluções do PagSeguro, o sistema TEF não cobra aluguel, taxa de adesão nem taxa mensal de conectividade. Isso gera uma economia significativa, principalmente quando se tem vários PDVs.

Principais PINPads do mercado grátis

PINPads do PagSeguroO PagSeguro não cobra aluguel de PINPad. Eles são oferecidos gratuitamente para o estabelecimento comercial. E é possível escolher entre os principais modelos de PINPad, o que melhor se adapta à necessidade do seu estabelecimento. Os PINPads permitem capturar todos os cartões em uma única máquina e já são integradas ao sistema de automação.

Disponibilidade e alta performance

Outro benefício do PagSeguro TEF está na sua disponibilidade e alta performance, realizando o processamento junto às bandeiras com muita rapidez para atender grandes volumes de transações.

Saiba mais sobre o PagSeguro TEF e solicite um contato comercial: https://pagseguro.com.br/tef

Presença do PagSeguro no Fórum E-commerce Brasil 2017

PagSeguro no Fórum E-commerce Brasil 2017

Como um dos patrocinadores, o PagSeguro marcou presença no Fórum E-commerce Brasil 2017, o maior evento de comércio eletrônico da América Latina. Em sua 8ª edição, o fórum aconteceu entre os dias 25 e 27 de julho, em São Paulo. Durante os três dias, o evento reuniu mais de 13 mil congressistas e 150 marcas expositoras.

De modo geral, podemos afirmar que o comércio eletrônico está consolidado no Brasil. O setor apresenta crescimento nominal ano após ano. De acordo com os dados da consultoria E-bit, o e-commerce movimentou 44,4 bilhões de reais em 2016, uma alta de 7,4% em relação ao ano anterior. Ainda segundo a consultoria, o setor deve fechar 2017 com crescimento entre 10% e 15%.

Com tanto dinheiro circulando no comércio eletrônico, o Fórum E-commerce Brasil 2017 foi uma boa oportunidade para lojas virtuais conhecerem as principais tendências e novas soluções do mercado.

Estande do PagSeguro

Em meio a um extenso portfólio de produtos, o PagSeguro selecionou três para apresentar ao público presente no Fórum E-commerce Brasil: Moderninha Pro, Checkout in App e a tradicional venda pela web (Checkout).

Quem passou pelo estande do PagSeguro percebeu a atenção da equipe de atendimento e dos executivos comercias, sempre dispostos a tirar todas as dúvidas dos visitantes.

Palestras

Além dos estandes das marcas expositoras, o Fórum E-commerce Brasil 2017 contou com três grandes auditórios temáticos, onde foram realizadas diversas palestras. No Auditório Gestão, os congressistas assistiram a palestras sobre questões e desafios que envolvem uma loja virtual, como logística, indicadores, finanças e legislação.

Por sua vez, no Auditório Tecnologia houve debates sobre as partes mais técnicas de uma operação de e-commerce. Lá, os visitantes presenciaram apresentações de ferramentas e tecnologias exclusivas voltadas para o setor.

Por fim, o Auditório Vendas, o maior de todos, com capacidade para 2,5 mil pessoas sentadas, contou com presenças ilustres. Para citar alguns nomes, o comentarista político Arnaldo Jabor e o empresário Abilio Diniz ministraram palestras nesse auditório.

O PagSeguro bateu um rápido bate-papo com dois palestrantes. Rodrigo Rodrigues, diretor de Soluções de Marketing do Google, deu uma dica muito bacana para os pequenos empreendedores ganharem relevância no buscador: podem iniciar o aprendizado de como usar melhor as ferramentas, se inscrevendo gratuitamente no serviço Google Meu Negócio. Veja no vídeo abaixo:

O chefe do Departamento de Encomendas e E-commerce dos Correios, Lemuel Silva, também conversou com o PagSeguro. De modo geral, ele tranquilizou os lojistas virtuais quanto ao fim do e-Sedex e explicou como funciona as entregas atualmente. Veja no vídeo abaixo:

Vale lembrar que a loja virtual que for cliente do PagSeguro pode oferecer valores diferenciados para a entrega de produtos por meio do serviço Envio Fácil.

Casa Google

Gigante da tecnologia, o Google tinha um espaço no evento para a apresentação de palestras de profissionais da própria empresa. Lá, os visitantes conheciam todos os produtos e serviços do Google que ajudam a impulsionar as vendas online.

Acompanhe os próximos eventos

Pensando em melhorar os negócios de pequenos, médios e grandes empreendedores, o PagSeguro continuará participando e apresentando seu portfólio de produtos em outros grandes eventos, com estande e time de executivos para te atender e responder suas dúvidas. Para não ficar de fora de nenhum deles, acompanhe a nossa agenda aqui.

Conheça o PlugPag – A solução simplificada para automação comercial

PlugPag PagSeguro

Oferecer as mais variadas formas de pagamento aos clientes é apenas o começo para fazer sua empresa crescer. Com as maquininhas do PagSeguro – que não cobram aluguel nem taxa de adesão –, você aceita pagamentos com as principais bandeiras de débito, crédito, alimentação, refeição e cultura. Mais oportunidades para aumentar seus ganhos.

Para quem vende muito, realiza muitas transações, precisa de um controle maior das vendas e automatizar a conciliação. Em outras palavras, para fazer sua empresa crescer é preciso, também, ter um controle rigoroso de estoque e fluxo de caixa.

Pensando em ajudá-lo também nessa gestão, o PagSeguro lança o PlugPag: a única solução do mercado em que você consegue integrar automaticamente uma máquina POS com a automação comercial que você já utiliza e realizar conciliação em tempo real.

A solução PlugPag oferece uma alternativa mais flexível ao TEF (Transferência Eletrônica de Fundos). Com esse serviço, você integra as Moderninha Pro e Moderninha Wifi aos sistemas de automação comercial disponíveis no mercado, eliminando a dupla digitação e chances de erro, ganhando mais eficiência e economia de tempo. O melhor de tudo: a integração é gratuita e dispensa o uso de fios, uma vez que acontece via Bluetooth, assim você tem mais mobilidade, levando a máquina ao cliente sem precisar deixá-la presa ao sistema de automação .

Com o PlugPag, você não paga mensalidade nem taxa de conectividade mensal! Veja o quanto você pode economizar comparando com um sistema TEF tradicional:

Tabela comparação de PluPag com TEF tradicional
Vale destacar que o PlugPag é compatível com os sistemas Windows, Android, e em breve para iOS e Linux. Aliás, neste link você confere o passo a passo técnico para realizar a integração da Moderninha com a sua automação comercial.

O PagSeguro é o parceiro ideal para o seu negócio. Além de aceitar as principais bandeiras de débito, crédito e, alimentação, refeição e cultura, possibilita a integração com sua automação comercial de forma rápida, fácil e gratuita. Assim, você aumenta as oportunidades de ganho e otimiza a gestão do seu negócio.

Não perca mais tempo, conheça o PlugPag e #VemDePag!

E-book grátis: Como melhorar o planejamento financeiro do seu e-commerce

Como melhorar o planejamento financeiro do seu e-commerce

Você já percebeu como a área financeiro é uma das mais importantes, mas também a mais temida dentro da maioria dos negócios?

Muitos empreendedores não gostam de números, planilhas, gráficos e estimativas, e, por isso mesmo, acabam cometendo erros gravíssimos, como misturar contas pessoais com as da empresa; calcular o preço dos produtos de forma errada; oferecer frete grátis quando não deveriam; não estimar quanto receberão ou o que têm para pagar durante o mês e muitos outros.

O pior é que todos esses erros acontecem constantemente em várias empresas, independentemente do segmento e do porte, e podem levar a sérios prejuízos e até à falência! Algo que, com certeza, você não quer para o seu negócio, não é mesmo?

Se você quer ficar longe de toda essa confusão, a solução é uma só: fazer um bom planejamento financeiro para a sua loja virtual. Entender, planejar e administrar bem o dinheiro da sua empresa é essencial para que você tenha um retrato claro das suas finanças e possa gerenciá-las com mais sabedoria. E isso não precisa ser algo supercomplicado!

Você pode, por exemplo, contar com um intermediador de pagamentos seguro e conhecido, como o PagSeguro! Quando você utiliza uma ferramenta conhecida pelo público e que garante a proteção das informações durante o processo de pagamento, o consumidor se sente muito mais à vontade para fechar negócio com você. Além disso, as chances de você ter de lidar com fraudes e chargebacks – os pesadelos de qualquer lojista – diminuem drasticamente.

Para compilar esta e várias outras dicas para você reorganizar as finanças da sua loja na internet, a Loja Integrada – plataforma de e-commerce, em parceria com o PagSeguro, lançou o e-book Como melhorar o planejamento financeiro do seu e-commerce. Um material gratuito no qual você vai descobrir:

  • Os 10 piores erros de planejamento financeiro que podem te levar à falência;
  • Por que você deveria fazer um bom planejamento financeiro e por onde deve começar;
  • Como otimizar seu fluxo de caixa com recursos internos, como impostos, estoque, redução de custos e outros elementos;
  • O segredo para evitar o abandono de carrinho e aumentar as suas vendas;
  • A importância de escolher um bom meio de pagamento para seu negócio e seus clientes, que ofereça variedade, segurança e comodidade;
  • 4 tendências do e-commerce mundial que vale a pena aplicar no seu negócio.

Quer conferir essas dicas? Então baixe agora mesmo o seu e-book gratuito, comece a colocar essas dicas em prática e não deixe, também, de conhecer melhor o PagSeguro, a melhor forma de fazer e receber pagamentos pela internet!

Além desse conteúdo, se você quer se preparar ainda mais para ter sucesso em seu negócio digital, não pode perder o evento VTEX Day que será realizado nos dias 30 e 31 de maio, contando com mais de 100 palestrantes de grandes empresas do mercado com muito conteúdo para você fazer a diferença na web. O PagSeguro, como parceiro da VTEX, oferece para você 50% de desconto na compra de ingressos. Acesse o site e aproveite essa vantagem:

http://ingressosvtexday.vtex.com/?utm_source=pagseguro50off

Boas vendas!

Dicas para você não cair na Black Fraude

Como não cair na Black Fraude

Provavelmente, você está esperando a Black Friday chegar para comprar aquele produto tão desejado por um preço bem camarada. Afinal de contas, as lojas virtuais sempre dão ótimos descontos nesse dia, certo? Em parte.

Isso porque, em edições passadas, muitas lojas aumentaram o preço de seus produtos na véspera da data para poder oferecer “descontos agressivos” durante a Black Friday. É mais ou menos como se você estivesse pagando a metade do dobro.

Em outras palavras, nessas lojas mal-intencionadas, a promoção não passava de uma grande furada. A “estratégia” rendeu à data o apelido infame de Black Fraude. Os consumidores perceberam que estavam sendo enganados e começaram a divulgar as lojas que cometiam essa péssima prática.

O site ReclameAQUI é um ótimo termômetro para saber como as lojas estão se comportando durante a Black Friday. Na edição do ano passado, por exemplo, a plataforma registrou 4,4 mil reclamações de consumidores. Desse total, 36,2% se referiam a propagandas enganosas.

Mas é claro que existem lojas sérias que abraçam o verdadeiro espírito da data. Para não acabarem comprando gato por lebre, até os consumidores precisam se planejar. Veja o que você deve fazer para não cair na Black Fraude:

Acompanhe a evolução de preço dos produtos

Em primeiro lugar, se você já sabe qual produto vai comprar na sexta-feira de descontos, comece a fazer um monitoramento do seu preço com antecedência. Nisso, já é possível saber, mais ou menos, o seu real valor de mercado. Tire prints do preço dos produtos, uma vez que algumas lojas aumentam os preços de seus itens dias antes da data para poder oferecer “descontos agressivos” durante a Black Friday.

Ao perceber essa conduta, não pense duas vezes antes de denunciar a loja. Para não incentivar essa prática, jamais compre “pela metade do dobro”! Quando as lojas sabem que os consumidores estão acompanhando, com antecedência, a evolução do preço dos produtos, elas deixam de aumentar o preço na véspera.

Pesquise sobre a loja antes de comprar nela

Se você encontrou um ótimo desconto, mas nunca ouviu falar da loja, pense duas vezes antes de comprar nela. Melhor, faça uma boa pesquisa sobre a empresa para saber se ela é de confiança ou não. Para isso, conte com a ajuda da internet.

Além de procurar o CNPJ, endereço físico e outros dados da empresa, busque avaliações de outros usuários que já compraram lá. Vale a pena até visitar o site ReclameAQUI para descobrir qual é a reputação da loja.

Você pode consultar também uma lista do Procon SP que cita lojas virtuais a serem evitadas:
http://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php

Segurança na hora da compra

Enquanto navega pela loja virtual, procure por sinais que reforçam a segurança do site, como, na hora do pagamento, contar com um intermediador de pagamentos. Se a loja aceita pagamentos pelo PagSeguro, isso garante um ambiente confiável para transações financeiras. Aí, você pode comprar tranquilo. E tem mais: caso você tenha problema com a entrega do produto, o PagSeguro permite a abertura de uma Disputa para resolver essa situação, se o produto não for entregue ou não estiver dentro das condições combinadas, você pode ter seu dinheiro de volta.

Cuidado com emails promocionais

Desconfie de emails oferecendo produtos que você nunca comprou. Lojas confiáveis em que você realizou compras já entende, de certa forma, seu gosto conforme o histórico de compras. As lojas tendem a direcionar as divulgações mais para categoria ou home do site listando as oferta disponíveis. Por as ofertas serem pontuais no dia, não costumam direcionar campanha de email marketing para um produto específico, pois o estoque, geralmente, é limitado para a demanda da data.  Alguns golpistas usam email oferecendo descontos, mas que direcionam para páginas falsas. Muito cuidado! Só clique em comunicações que você já conhece e confia. Desconfie de páginas que peçam recadastramento de dados pessoais.

Preste atenção na barra de endereço

Comprar pela internet ainda é um desafio para algumas pessoas. Afinal de contas, você deve inserir dados bancários para concluir uma compra. Nesse sentido, só faça compras em sites que tenham o protocolo HTTPS. Para saber isso, basta ver se existe um cadeado na barra de endereço. Isso significa que todos os dados de pagamento inseridos naquele site ficam armazenados em um ambiente seguro.

Por fim, preste atenção se o endereço da loja virtual está correto, uma vez que criminosos digitais criam sites com endereço similar ao de lojas famosas para enganar os compradores.

Ao ter esses cuidados na hora de comprar pela internet, você evita dores de cabeça futuras e, de quebra, aproveita os ótimos descontos da Black Friday! Boas compras!

Dicas para vender mais na Black Friday 2016

Como vender mais na Black Friday 2016

Desde 2010, a última sexta-feira de novembro já ficou conhecida, no mercado brasileiro, por oferecer 24 horas de liquidações imperdíveis, sobretudo no comércio eletrônico. Tanto é verdade que muitos consumidores preferem antecipar as compras de Natal durante a Black Friday.

Ano a ano, a data vem caindo no gosto dos brasileiros. Para se ter uma ideia, segundo dados da consultoria Ebit, as 24 horas de promoções movimentaram 1,64 bilhão de reais no comércio eletrônico no ano passado, um crescimento de 38% em relação ao 1,16 bilhão de reais que a data atingiu em 2014.

O sucesso deve se repetir neste ano. Pesquisa da consultoria aponta que 84% dos consumidores online ativos comprarão algum produto na sexta-feira de descontos. Quanto ao faturamento, a estimativa é que o e-commerce avance 30%, para 2,1 bilhões de reais.

Uma ótima oportunidade para os lojistas aumentarem a receita e queimarem o estoque parado, não é verdade? Então, descubra o que você deve fazer para preparar a sua loja para a Black Friday 2016. Vamos lá!

O PagSeguro realizou, no dia 08/11, uma transmissão ao vivo de um bate-papo com especialistas sobre o assunto, confira tudo que rolou e prepare-se para vender muito:

Faça descontos inteligentes

Se você decidiu entrar na Black Friday, trate de oferecer descontos agressivos para não decepcionar seus clientes. Mas isso não significa que você deve reduzir o preço de todos os produtos de qualquer jeito. Assim, você só vai acumular prejuízo.

É preciso planejamento. Uma alternativa para dar descontos atraentes sem ficar no vermelho é diminuir um pouco a margem de lucro. Agora, a melhor maneira de fazer promoções de preço em alguns produtos é negociar antes com seus fornecedores e parceiros.

Com antecedência, entre em contato com eles para convencê-los a diminuir o preço de alguns produtos para a Black Friday. Aqui, você precisa adotar o espírito de bom negociador que todo lojista deve ter!

Ah, e lembre-se que você não precisa colocar todos os produtos em oferta. Vale mais a pena priorizar aqueles que têm mais demanda e um preço mais elevado.

Renove o seu estoque

Como falamos acima, a Black Friday é uma ótima oportunidade para queimar aqueles produtos que estão encalhados no estoque e, por consequência, trazendo prejuízo para a sua loja. Uma vez que eles têm pouca saída, um jeito de se livrar deles é formar kits com produtos relacionados. Aí, ofereça bons descontos para chamar a atenção dos visitantes.

Aumente os investimentos em divulgação

Nunca é cedo para avisar a sua base de clientes que promoções estão por vir. Isso faz com que eles aguardem a Black Friday ansiosamente para comprar na sua loja. À medida que a data se aproxima, você deve intensificar essa divulgação. Nesse sentido, aposte em estratégias baratas e eficientes, como o envio de e-mail marketing e a atualização nas redes sociais.

Mas, para conseguir atrair ainda mais clientes, você deve tirar o escorpião do bolso e aumentar os investimentos em outros canais. Aqui, estamos falando de Google AdWords e Facebook Ads. Trata-se de ferramentas extremamente eficientes para levar usuários qualificados para a sua loja virtual, uma vez que é possível segmentar os seus anúncios de acordo com o perfil de seu público-alvo.

Ainda dá tempo

Se você ainda não tem loja virtual, não é nada complicado de iniciar uma agora e trabalhar para vender seus produtos ou serviços na Black Friday.

Em menos de 5 minutos, você consegue criar uma loja virtual no UOL HOST, e ela já vem integrada com Checkout/Tela de pagamento do PagSeguro, garantia de estabilidade e contando com um sistema anti-fraude por trás das transações. Você pode parcelar suas vendas em até 12x e recebe tudo de uma vez!

Caso você não queira criar uma loja virtual, você ainda pode vender pelo seu blog ou diretamente nas redes sociais, usando um Botão de Pagamento ou link direto para venda, que você pode gerar na sua Conta PagSeguro em poucos cliques.

Crie alternativas para entregar as encomendas em dia

Não consegue competir com seus concorrentes por preço? Então, aposte em entregas rápidas. Pode acreditar, os clientes adoram receber as encomendas em pouco tempo.

Para tanto, você já deve ter algumas alternativas debaixo da manga. Além dos Correios, procure fazer parceria com transportadoras e contratar serviços de motoboys para entregas locais. Vale a pena até usar veículo próprio para entregar os produtos em regiões próximas.

Ah, e não se esqueça de avisar seus clientes. Se você consegue entregar os produtos em até 24 horas para compras realizadas na cidade da sua loja virtual, deixe essa mensagem bem clara nas suas mensagens de divulgação e no próprio site.

Já pense no Natal

Uma vez que muitos consumidores aproveitam os descontos da Black Friday para comprar os presentes de Natal, as vendas, em dezembro, podem cair consideravelmente. Para evitar essa queda brusca, faça uma promoção para que os clientes voltem durante o Natal. Assim, quem comprar na Black Friday ganha um pequeno desconto nas compras realizadas em dezembro.

Não engane os consumidores

Apesar de ganhar adeptos ano a ano, a Black Friday ficou com uma fama ruim que, até hoje, ainda persiste. Para dar a impressão de descontos agressivos, muitas lojas virtuais aumentavam o preço dos produtos na véspera e, aí, voltavam ao preço normal durante a sexta-feira de descontos. Quando os consumidores perceberam a estratégia de enganá-los, a data ganhou o apelido pejorativo de Black Fraude.

Portanto, não menospreze a inteligência de seus clientes. Eles monitoram os preços dos produtos durante o ano e sabem quando, de fato, eles estão com bons descontos. Seja, também, transparente com os visitantes. Se um produto acabou no estoque, avise imediatamente no site. Isso evita alguns transtornos desnecessários.

Por fim, nunca mude o preço durante a Black Friday. O que você anunciou no e-mail marketing e nas redes sociais deve permanecer durante as 24 horas de promoção!

Afinal de contas, a sua reputação está em jogo. Sabendo que o Natal é a próxima data que você deve aproveitar para faturar mais, a imagem da sua loja virtual não pode estar manchada.

É isso aí! Prepare-se e boas vendas!