Arquivo da tag: clientes

Como o PagSeguro pode ajudar a planejar melhor as suas finanças?


Todo negócio, seja ele virtual ou físico, precisa ser bem planejado para trazer os resultados esperados. Uma pesquisa do IBGE identificou que praticamente metade (48,2%) das empresas que são abertas no Brasil acabam fechando as portas em três anos. Um dos principais inimigos é a falta de um plano de negócios estruturado e descontrole na gestão.

Se você é um microempreendedor e não quer virar estatística, você precisa ter parceiros que facilitam o seu planejamento financeiro. O PagSeguro oferece diversas opções que facilitam o controle das finanças do seu negócio. E tudo isso, claro, com a tecnologia, qualidade e segurança. Entenda melhor como funciona o PagSeguro e como ele pode ajudar nas suas vendas.

Conquiste mais clientes e vendas

Quando você contrata o PagSeguro, você passa a oferecer mais de 25 opções de pagamento para o cliente da sua loja virtual, entre elas cartão de crédito e débito, boleto bancário, depósito em contae débito online. Já para quem trabalha como autônomo, como taxistas, professores ou ainda dentistas, são 9 opções disponíveis de pagamentos nos leitores para smartphones e tablets do PagSeguro.

Além disso, você poderá oferecer a facilidade do seu cliente parcelar suas compras em até 18x dependendo da opção de pagamento escolhida. E o melhor é que você vai receber o valor de uma só vez. Assim você consegue se planejar melhor para repor o estoque ou para investir no crescimento do seu negócio, por exemplo, sem aquela dúvida de quando o dinheiro estará na sua conta.

O procedimento de saque dos pagamentos que você recebeu pelo PagSeguro também é rápido e sem burocracia. Ao acessar sua conta pelo site é possível verificar qual o saldo disponível para saque. Ao fazer a transferência do dinheiro para sua conta bancária, o prazo de transação é de três dias úteis.

Você escolhe

Além das facilidades citadas acima, outra vantagem do PagSeguro é que, com o leitor de crédito ou débito, você é quem escolhequal o melhor plano de pagamento para o momento do seu negócio. Com isso, é possível determinar em quantos dias você quer receber o dinheiro disponível para saque.

Se você quer ter melhor controle sobre suas despesas e nada de surpresas, o PagSeguro é o parceiro ideal, pois as taxas cobradas por transações também são fixas, não variam conforme a instituição financeira.

Mais facilidade para você, comerciante, que precisa organizar suas finanças, com a transparência no processo e prazos que facilitam suas vendas. Mais comodidade para seus clientes que contam com diversas opções de pagamento. Já são mais de 25 milhões de usuários que utilizam o PagSeguro, comece agora mesmo.

Foco no pós-venda

Pós Venda

Você sabe o que é “pós-venda”? Esse é o nome dado ao momento que se inicia assim que o cliente adquire um produto ou serviço. E também é a hora certa para fidelizar seus clientes e deixá-los satisfeitos. Saiba como:

E-mail
Para comprar numa loja virtual, é necessário que o cliente informe seu e-mail, mesmo que não faça o cadastro completo. Tendo essa informação em mãos, você pode entrar em contato com ele depois que a compra estiver finalizada.

Um e-mail padrão confirmando a compra é muito importante para que o cliente se sinta seguro após adquirir um produto ou serviço online. Assim, ele sabe que em breve irá receber o que comprou.

Nesse e-mail de confirmação, você pode incluir mais informações, como ofertas exclusivas que possam interessar, links para as redes sociais da sua marca ou a recomendação de um produto ou serviço complementar que ele também vai gostar.

Avaliação
Incluir na sua loja um formulário para que o cliente avalie a experiência de compra e o que recebeu é ótimo para transmitir honestidade e também para conseguir novos clientes, que ao lerem as resenhas de quem já comprou, vão se sentir seguros para comprarem também.

Novamente, aproveite o e-mail para incentivar o cliente a escrever uma avaliação. É necessário tomar o cuidado de só levá-lo para essa etapa quando o produto ou serviço já tiver sido entregue.

Exclusividade
Qual a vantagem para seu cliente de voltar sempre na sua loja, se existem outras lojas virtuais que oferecem produtos ou serviços iguais ou similares?

Faça-o se sentir especial através de promoções exclusivas. Por exemplo: quem efetuar uma nova compra em até 30 dias após a última ganha desconto ou um brinde. Ou então, pré-vendas exclusivas para clientes cadastrados.

Use sua criatividade e conhecimento do cliente para descobrir o que vai deixá-lo mais satisfeito!

Relacionamento
Por fim, nada disso vale a pena se o atendimento e o relacionamento com seu cliente não for bom. Tenha certeza de que qualquer problema que ele tiver com a compra será resolvido a tempo, e nada de respostas prontas. É sempre bom passar a impressão de que o cliente está sendo atendido por pessoas de verdade, que se preocupam com ele (o que é verdade!).

Viu pessoas mencionando positivamente sua loja nas redes sociais? Uma mensagem fofinha agradecendo a preferência é sempre bem-vinda. Essa estratégia é simples e muito usada por grandes marcas. Viu alguém reclamando? Seja solícito e se ofereça para resolver a situação.

Os quatro tipos de consumidores do ecommerce

Credit CardsCreative Commons License Andres Rueda via Compfight

A Pitney Bowes fez um estudo nos Estados Unidos, França, Alemanha e Reino Unido e chegou a quatro tipos de consumidores do e-commerce a partir dos dados que compartilham ou não na rede.

O tipo íntimo é o de maior percentual de rejeição de compartilhamento na internet: 76% não informam convicção política, 71% não estão dispostos a compartilhar a religião, 54% não falam a etnia e 45% não dizem a preferência sexual.

O tipo “quero segurança” é o segundo mais frequente. Entre eles, 40% estão dispostos a compartilhar número do cartão de crédito, 38% divulgam o número do celular e 36% respondem sobre o rendimento.

No tipo físico, os percentuais de rejeição são baixos, porém 24% não informam o peso, 23% não dizem o número de telefone residencial e 22% não compartilham sua altura.

Os entrevistados do tipo transacional também não veem problema em dizer data de nascimento, com apenas 10% de rejeição, endereço postal, com 13%, e-mail, com 14%, e dados bancários, com 22%.

Segundo o relatório da pesquisa, produzido pela Forrester Research Inc., embora se preocupem com a coleta e utilização dos dados online, os consumidores continuarão fornecendo-os e realizando tarefas na rede se perceberem algum benefício.

Via: Administradores.

Conheça Oswaldo Lirolla, empresário da área de e-commerce e parceiro Pagseguro

Oswaldo Lirolla é parceiro do PagSeguro. Empresário do setor de TI (Tecnologia da Informação) há mais de 20 anos, Oswaldo é um grande conhecedor e estudioso do mercado de internet no nosso país, ministrando cursos e palestras sobre e-commerce em diversos lugares.

Entre diversos temas envolvendo o mundo do comércio online, Oswaldo dá destaque em suas palestras sobre intermediadores de pagamento, em especial, seu parceiro PagSeguro. “No comércio eletrônico, a taxa de inadimplência é zero, pois eu só entrego meu produto depois de receber o pagamento. Nós somos parceiros do PagSeguro porque é o único que nos dá essa garantia”, explica Oswaldo em uma de suas palestras.

Clique aqui e conheça sobre o trabalho de Oswaldo Lirolla

ONG Sea Shepherd Guardiões do Mar, um cliente PagSeguro

Adriano Echeverria, diretor de comunicação da ONG Sea Shepherd Guardiões do Mar, conta que escolheu o PagSeguro para ser a ferramenta oficial da instituição para receber doações e captar recursos para preservar a vida marinha. Ele destaca a facilidade e a simplicidade do serviço, além da segurança, da credibilidade que a marca UOL oferece e da possibilidade de receber o valor integral antecipadamente enquanto os internautas possuem o benefício de pagar parcelado.

Quer conhecer o cliente? Pergunte ao seu site

1350774613_09ec0c2d32

Informação é poder. Cada vez mais, as empresas se conscientizam de que saber o que seu cliente pensa é determinante para o sucesso e crescimento dos negócios online. Mais do número de acessos e volume de vendas, o perfil qualitativo do usuário fornece pistas preciosas para a expansão do negócio. Estes dados podem ser obtidos por meio das ferramentas de webanalytics. “Esta percepção está mudando a cara do mercado”, afirma Ruy Carneiro, sócio da WA Consulting, consultoria especializada na área. “O movimento se intensificou com a chegada do Google Analytics, que levou gratuitamente uma série de facilidades para as pequenas e médias empresas. Com isso, tivemos o crescimento do uso destas ferramentas, inclusive impulsionando os serviços pagos para fornecer informações que o Google Analytics não permite”.

Ruy Carneiro afirma que o grande nível de detalhe das análises disponíveis permite ir muito além das informações meramente quantitativas, como a quantidade de PageViews em um determinado período. “Limitar-se a dados quantitativos é como tentar descobrir o que está acontecendo com uma pessoa somente olhando a temperatura”, diz. “Os dados de webanalytics auxiliam a tomar decisões mais precisas quanto à orientação da área digital. Pode-se descobrir, inclusive, onde economizar; onde lucrar mais; como redesenhar os processos do site para que os clientes tenham uma experiência melhor em suas visitas”.

Com informações em mãos, cada área da empresa pode utilizar os dados da forma mais proveitosa a seus objetivos. “A equipe de produtos pode identificar o que está sendo mais comercializado em cada época do ano. Pode checar também o que a pessoa viu antes da compra, para criar vendas cruzadas no futuro”, exemplifica. “Os profissionais que cuidam de mídia podem identificar a qualidade de cada canal utilizado para a divulgação. A equipe de web pode identificar os ‘gargalos’ do site e definir mudanças para melhoria da navegação, através da reorganização dos processos e usabilidade. E assim por diante”. Para completar a análise, entram em cena outras ferramentas, como pesquisas qualitativas e de usabilidade. “Com estas informações, os gerentes de marketing e de mídia podem trabalhar com veículos que possuam um perfil mais coerente com o público que se quer atingir”.

Primeiros passos

Conheça as principais ferramentas existentes para obter informações sobre quem acessa seu site:

Veja aqui o estudo de mercado realizado pela WA Consuting sobre webanalytics no Brasil.

Imagem: handhakeI de oooh.oooh, no Flickr em CC