Arquivo da tag: cobrança

Veja como a CEPED Cursos utiliza o sistema de Cobranças do PagSeguro para aumentar suas vendas.

Você realiza vendas pela internet, mas ainda não possui uma loja virtual e nem um sistema próprio de cobrança? Saiba que com o PagSeguro é possível enviar uma cobrança por e-mail até mesmo para aqueles clientes que não possuem uma conta cadastrada com a gente.

A CEPED Cursos, reconhecida nacionalmente por possuir o maior cronograma para cursos profissionalizantes, utiliza há 3 anos o envio de cobrança do PagSeguro em seu negócio.

Continue lendo

Veja como enviar cobranças pelo PagSeguro

O PagSeguro oferece o sistema para você que precisa enviar alguma cobrança à algum amigo ou mesmo vender algum produto ou serviço sem precisar de uma loja virtual. Veja como você pode enviar uma cobrança:

  • Você pode enviar uma cobrança referente a uma transferência bancária. Basta colocar o e-mail da pessoa no campo do destinatário, selecionar Transferência entre contas, o valor a ser cobrado e alguma observação que queira.

  • Pode-se também enviar uma cobrança relacionada à venda de um serviço para o comprador. Mesmo procedimento, colocar o e-mail do comprador no campo, e especificar o tipo de serviço e o valor cobrado, inclusive algum extra.

  • E você também pode enviar uma cobrança pela venda de um produto. Inclua o código do produto, a descrição, o valor unitário e quantidade de cada item que será enviado na sua cobrança. Se necessário, você pode colocar o valor de frete e algum custo extra.


É o PagSeguro trazendo soluções simples e rápidas para o seu negócio.

Use PagSeguro mesmo sem ter site ou comércio eletrônico

Cobrança por e-mail

Você tem um produto (ou serviço) bacana a oferecer e não pode (ainda) criar o seu site? Mesmo assim você pode, sim, usufruir da segurança e das vantagens do PagSeguro. Depois de criar a sua conta, use a cobrança por e-mail. Os destinatários da sua mensagem serão direcionados ao site do PagSeguro, onde poderão efetuar o pagamento com toda a tranquilidade. Depois disso, o dinheiro é transferido direto para a sua conta.

Conheça as vantagens:

  • Facilidade, segurança e praticidade para você concretizar suas vendas;
  • 13 formas de pagamento, incluindo cartão de crédito e boleto bancário;
  • Três opções de cobrança: Por produto, por serviço ou transferência entre contas.

Passo- a-passo para enviar uma cobrança:

1. Acesse sua conta PagSeguro, se caso não possuir crie a sua agora mesmo.

2. Clique na aba “Transferências”

3. Vá até “Cobranças”

4. Pronto! Você já pode enviar cobranças por e-mail.

Acesse o site do PagSeguro e confira mais.

PagSimples: sua cobrança em um link

PagSimples: envie cobranças por e-mail
ilustração: DG Mike

Nosso expert DGMike programou, em uma noite, um jeito simples de você enviar cobranças em um link. O PagSimples permite criar uma cobrança sem acessar o painel do PagSeguro (mas é preciso ter conta, ok?). Com o serviço, você foge do HTML do botão PagSeguro e pode criar, por exemplo, um e-mail formatado como você desejar. Talvez você considere essa mesma formula para mandar scraps via Orkut, FaceBook, Twitter ou Skype com cobranças ou pagamentos. O detalhe do serviço: não há como calcular frete, portanto use apenas para serviços.

PagSeguro e CobreDireto: garantia UOL para pagamentos

PagSeguro e CobreDireto são duas formas de garantir a segurança das compras de seus clientes online. Sim, os dois são produtos UOL, mas têm diferenças e são indicados para situações bem diferentes. O PagSeguro, vocês sabem, é um intermediador de pagamentos. Já o CobreDireto é um gateway (um ambiente seguro onde acontecem as transações, sem o custo de comprar um servidor SSL). Além da garantia de segurança, os dois são muito fáceis de administrar – e você contrata online, como deve ser. Você sabe as diferenças?

O PagSeguro:

  • Não exige contratos com cada meio de pagamento;
  • Possui análise de anti-fraude;
  • Permite o recebimento integral do valor da venda, mesmo tendo sido parcelada.

O CobreDireto:

  • Não tem cobrança de taxas sobre a venda;
  • Confirmação imediata do pagamento;
  • O dinheiro é depositado diretamente em sua conta bancária.

Entenda o Débito Direto Autorizado e faça bons negócios

Entrou em vigor esta semana o Débito Direto Autorizado (DDA). A novidade permite que os correntistas autorizem débitos de boletos impressos (a novidade ainda não vale para os boletos eletrônicos) diretamente em sua conta. Segundo Valéria Santos, analista de produtos do PagSeguro, o DDA é vantajoso para as empresas, pois reduz a inadimplência e acaba com os custos de impressão e envio dos boletos.

A utilização deste programa permite que a empresa envie um boleto de cobrança eletrônico aos clientes previamente cadastrados no serviço. Com isso, o correntista não perde o vencimento de seus boletos, caso viaje, por exemplo, e ainda consegue visualizar as contas a pagar e autorizar o débito por meio de um celular, caixa eletrônico ou computador.

O DDA é diferente do débito automático. No débito tradicional, o usuário autoriza a cobrança e o valor é debitado de sua conta na data do vencimento. Já no caso do novo sistema, o cliente precisa autorizar cada boleto. Ao entrar na sua conta via internet banking, o usuário verá os boletos na tela e, assim, decidirá se quer pagar ou não as cobranças. De acordo com a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), o correntista pode, por exemplo, rejeitar cobranças que não reconheça ou pagá-las com atraso se estiver sem saldo no dia.

Com o DDA, é possível pagar online um boleto que já venceu. Hoje em dia, boletos vencidos só podem ser pagos diretamente no caixa do banco – para que haja a cobrança de multas e juros. O sistema permite que a instituição efetue esse cálculo eletronicamente e que o pagamento online de uma conta já vencida seja feito com tranquilidade.

A tecnologia dos DDAs poderá ser usada também por empresas. Segundo a Febraban, a utilização deste sistema eletrônico deve ajudar as empresas a reduzir custos com emissão de boletos bancários. Segundo uma estimativa do Banco do Brasil, até o fim de 2010, ao menos um terço dos correntistas de todos os bancos já estarão utilizando o sistema e, com isso, vão garantir uma economia anual de impressão de 1 bilhão de boletos em papel.

Todos os bancos que aderiram ao DDA não cobrarão tarifas pelo serviço neste primeiro momento. Mas, de acordo com o Banco Central, as instituições estão livres para definir a tarifa quando quiserem.