Arquivo da tag: comércio eletrônico brasileiro

Banco do Povo de São Paulo pode ajudar seu e-commerce

Foto por Mukumbura

Microcrédito é o termo usado hoje para designar uma variedade de empréstimos de baixo valor e para um público definido.

Em São Paulo há Banco do Povo. Ligado ao governo estadual esta iniciativa garante o empréstimo de pequenas quantias a juros baixos para que você possa fazer, por exemplo, a compra de uma máquina nova ou um novo investimento na empresa.

Continue lendo

E-commerce de segmentação: como escolher seu nicho

Hoje em dia está cada vez mais comum nos depararmos com lojas eletrônicas ultra-especializadas em um determinado segmento de mercado. Acessórios para mulheres que praticam determinado esporte, objetos decorativos para pessoas que apreciam determinada cultura ou até mesmo serviços online para trabalhos e funções específicas que você pode contratar por demanda.

Opções não faltam, mas como saber qual é o nicho certo a trabalhar? A primeira coisa que devemos ter em mente é que não podemos temer um mercado só porque já existe agentes atuantes nele. Porém é necessário um levantamento prévio daquele segmento, como histórico, mídias especializadas, impacto na região escolhida, público-alvo dentre outros fatores antes mesmo de colocar a mão na massa.

Escolha um segmento que você tenha conhecimentos prévios e capacidade estrutural (física e capital social) para dar conta dos pedidos, encomendas, entregas e prazos. Conte com o PagSeguro na hora de escolher um meio de pagamento seguro e confiável. Cadastre-se agora mesmo e já comece a investir no seu próprio negócio:

Crédito da imagem: Kevin Dooley via Compfight.

Muita atenção no uso de e-mail marketing no e-commerce

Um dos recursos mais comuns no e-commerce é o e-mail marketing. Entretanto, mesmo sendo uma ferramenta poderosíssima de atuação e conversão, é também um dos mecanismos mais mal utilizados por quem tem um comércio eletrônico, seja na utilização precoce do meio, com pouco conhecimento sobre o público até mesmo ações que violam as regras do setor.

Não é difícil encontrar uma loja virtual que envie e-mails sem a autorização do usuário, caracterizando essa ação como spam. Hoje em dia é muito fácil e simples comprar uma lista com 40 mil endereços, pois isso muitos empresas optam pelas práticas obscuras do que investir em ações que tragam resultados orgânicos.

Outro erro muito comum é tratar o e-mail marketing apenas como um canal de mera divulgação publicitária, com preços e produtos que deixam o contato extremamente poluído. É preciso estar atento às boas práticas, conhecer o comportamento do público e investir em qualidade, já que ninguém dá credibilidade para uma empresa que não investe em suas próprias ações. É comum, até, vermos produtos divulgados no e-mail marketing mas não já não estão mais no estoque. Um erro muito grave e que pode comprometer o noma da empresa.

E para quem leva a sério sue e-commerce, oferecer uma solução segura como meio de pagamento é fundamental. Cadastre-se agora mesmo no PagSeguro:

Crédito da imagem: Horia Varlan via Compfight.

Saiba dosar as informações oferecidas ao seu cliente no e-commerce

Se você trabalha com e-commerce deve ter muita atenção na quantidade de informações sobre os produtos que é repassada aos clientes. Há consumidores que só querem o básico, pois já conhecem o produto e não preciso de detalhes tão aprofundados. Porém há os clientes que estão em busca da maior quantidade possível de informações, já que não conhecem nada sobre uma determinada mercadoria. A questão é: como agradar os dois?

O primeiro passo é oferecer, sempre, o básico das informações. Fotos, descrição e um vídeo simples para agradar os clientes que só estão em busca de uma rápida conferia. Porém ofereça – e deixe isso visível – opções caso o cliente queria uma descrição mais detalhada, com vídeos mais extensos e fotos em altíssima resolução para conhecerem os mínimos detalhes do produto.

Isso é possível de ser obtido por todos os vendedores e empresas credenciados. As grandes marcas oferecem fotos, vídeos e uma descrição tão completa que seria impossível não conhecer afundo o produto. Mas não insira todos os dados, pois pode frustar alguns clientes que querem o básico. Opte por dar uma prévia e, quando solicitado, disponibilize as demais informações.

Outra dica é cadastrar-se agora mesmo no PagSeguro e oferecer a solução mais confiável como meio de pagamento:

Crédito da imagem: Will Lion via Compfight.

O que todo e-commerce precisa ter?

O que todo comércio eletrônico precisa ter? Apesar da pergunta aparentemente simples e fácil de ser respondida, muitos vendedores esquecem de itens básicos, entre eles oferecer produtos de qualidade, preços interessantes, parcelamento, um sistema de pagamento seguro, como o PagSeguro, por exemplo, uma estrutura sólida para logística dentre tantos outros fatores fundamentais para o dia-a-dia de um e-commerce.

Porém itens como fluxo de caixa, balanço e até empreendedorismo são deixados de lado. Nenhum negócio vive sem uma administração saudável e sem um espírito empreendedor, que saiba se reciclar de tempos em tempos, analisando o mercado e se adaptando conforme a música.

Até mesmo o tão aclamado check-list é, muitas vezes, abandonado em virtude da ansiedade de muitos vendedores em obterem lucros exorbitantes de maneira tão rápida. Um bom exemplo seriam os portais e sites que possum um tráfego diário muito grande e, só por isso, acabam oferecendo produtos por acharem que por atingirem um grande público conseguirão vende facilmente. E sabemos que isso não é verdade se por trás não há todo um planejamento.

E para você, o que todo e-commerce deve ter? Vamos montar uma lista básica juntos? O primeiro passo é cadastrar-se no PagSeguro e oferecer a forma mais segura de pagamento online para com seus clientes. Cadastre-se agora mesmo e já comece com o pé direito:

Crédito da imagem: Crystal via Compfight.

E-commerce: invista em conteúdo e ganhe clientes.

Seu e-commerce também pode se valer do marketing de conteúdo para atrair e fidelizar clientes. As redes sociais, por exemplo, podem ser ótimos canais de divulgação da sua empresa, mas podem funcionar como atrativos para que os usuários acabem conhecendo e “caindo” na sua loja virtual. Quer atrair novos clientes? Ofereça conteúdo aliado a bons preços e ótimas opções de pagamento.

Outro ponto que pode ser trabalhado é a utilização de blogs. Produza de maneira frenética um conteúdo de qualidade e gere tráfego tanto para seu site como par ao blog. Um blog com dicas de utilização dos produtos, por exemplo, pode atrair curiosos e gerar, consequentemente, novos clientes. Os consumidores estão cada vez mais exigentes e disponibilizar um atrativo a maios, como um conteúdo bem elaborado, pode ser um ótimo diferencial.

Quer outra dica super válida? Ofereça aos seus clientes uma forma segura e confiável para pagamentos online, como o PagSeguro. Além de oferecer segurança para os seus clientes, a sua empresa ganha credibilidade ao conta com produtos reconhecidos nacionalmente. Cadastre-se agora mesmo:

Crédito da imagem: Jorge Quinteros via Compfight.