Arquivo da tag: como vender na black friday

Como vender mais na Black Friday 2017

Vender mais na Black Friday

A Black Friday é sinônimo de oportunidades para lojistas e descontos para os consumidores. O evento acontece na última sexta-feira de novembro, que, neste ano, cai no dia 24. São liquidações imperdíveis, sobretudo no comércio eletrônico e que podem durar mais de uma semana, tudo com o objetivo de alavancar as vendas e aquecer o mercado.

Compre uma maquininha com 70% de desconto

Aproveite a Black Friday para vender muito! Garanta agora sua maquininha por apenas 12x de R$8,90 e você ainda ganha o Cartão Pré-Pago PagSeguro: https://goo.gl/t4Gm19

Maquininha Black Friday

Segundo a consultoria Ebit, as 24 horas de promoções movimentaram 1,9 bilhão de reais no comércio eletrônico em 2016, um crescimento de 17% em relação ao 1,64 bilhão de reais que a data atingiu em 2015.

Para esse ano, a expectativa é de crescimento também. O comércio eletrônico deve faturar 2,2 bilhões de reais na Black Friday. O estudo ainda mostra que 68% das pessoas pretendem comprar durante o período.

Confira algumas dicas que vão ajudar você vender mais durante e Black Friday de 2017:

Fique de olho na margem de lucro

Ofereça descontos atrativos, mas não reduza os preços de forma aleatória, a ponto de ficar no prejuízo. Você ainda é uma loja e precisa gerar lucro.

Então, em vez de ter uma margem de lucro de 20% sobre cada produto vendido durante a Black Friday, diminua essa margem para 5%, por exemplo. Com isso você deve atrair mais clientes e não sai perdendo.

Negocie preços com fornecedores

Outro caminho para oferecer descontos agressivos sem mexer tanto no balanço da sua empresa é negociar preços com seus fornecedores e parceiros com certa antecedência. Em outras palavras, procure comprar mais barato para vender a preços reduzidos.

Durante a negociação, aponte os benefícios que seus parceiros também terão no futuro com os produtos em descontos. É hora de colocar todo o seu dom de vendedor em prática!

Quais produtos oferecer

Mesmo negociando com fornecedores e diminuindo sua margem de lucro, talvez não seja possível colocar todo o seu mix de produtos em promoção. Não há problemas. Nesse caso, você deve selecionar produtos mais atrativos, os que têm mais saída na sua loja.

Lembre-se, verifique o histórico de vendas dos últimos anos nesse período. Sabendo que muitos consumidores aproveitam a Black Friday para antecipar as compras de fim de ano, também vale a pena consultar os produtos mais vendidos no Natal.

Uma boa ideia para a época da Black Friday é aproveitar para liquidar os produtos que estão encalhados no estoque. Estude quais os itens têm pouca saída e para se livrar deles faça kits com produtos relacionados. Com isso pronto, aplique descontos interessantes para chamar atenção dos clientes.

Ao colocar descontos em produtos estratégicos, você tem mais chance de se dar bem na Black Friday e ainda renovar seu estoque. Fica a dica!

Convide os consumidores 

Não adianta nada ter todo esse trabalhão para oferecer descontos se ninguém do outro lado do balcão está sabendo da promoção.

Invista em divulgação, os seus clientes precisam saber que a sua loja está participando da Black Friday 2017.

Envie e-mail para a sua base de contatos e atualize as suas redes sociais. Use as mídias sociais para aguçar a curiosidade dos seus consumidores e criar boas expectativas. Dê dicas do que eles podem esperar para a última sexta-feira do mês. Para atrair mais clientes, invista em outros canais de divulgação, como Google AdWords e Facebook Ads. Segmentar os anúncios, de acordo com o perfil de seu público-alvo, garante visitas mais assertivas de clientes que propensos a comprar os seus produtos.

Se você tem uma loja física, essas dicas também funcionam, pois as pessoas pesquisam bastante na internet antes de sair para fazer as compras.

Aproveite a sua vitrine e mostre que a sua loja tem produtos com descontos exclusivos na Black Friday 2017. Assim, você impacta, também, as pessoas em movimento nas ruas.

Não engane os consumidores

Nem tudo são flores na Black Friday. Quando chegou ao Brasil, em 2010, a data ficou com uma fama ruim. Para dar a impressão de descontos agressivos, muitas lojas virtuais aumentavam o preço dos produtos na véspera e, aí, voltavam ao preço normal durante a sexta-feira de descontos. Daí surgiu o apelido de Black Fraude.

Existem sites que disponibilizam o histórico de preços dos produtos no decorrer do ano. Assim, não tem mais como enganar os consumidores, que estão cada vez mais exigentes.

Mais: seja transparente com os visitantes. Se um produto acabou no estoque, avise-os imediatamente no site. Isso evita transtornos desnecessários. Também não vale mudar o preço durante a data, hein! O que você anunciou no email marketing e nas redes sociais deve permanecer, pelo menos, durante as 24 horas de promoção!

Ofereça mais do que descontos

Durante a Black Friday, todas as lojas participantes oferecem descontos. Isso é mais do mesmo. Vá além. Aqui, se você possui uma loja virtual, tente garantir a entrega de todas as mercadorias no prazo combinado.

Sabendo que os Correios trabalham bastante na data e podem atrasar as entregas, faça parceria com transportadoras. Para entregas em regiões próximas, por que não recorrer a motoboys ou até a veículo próprio?

Em lojas físicas, a diferença pode estar no atendimento. Treine seus colaboradores para proporcionar a melhor experiência possível aos clientes. Mais do que tirar as dúvidas deles, vale a pena evidenciar os benefícios de cada produto.

Tenha variedade na forma de pagamento

Por último, e não menos importante, estão as formas de pagamento oferecidas. Sua loja física só aceita dinheiro? Ih, deve estar perdendo bastante vendas, hein? A situação não é muito diferente para quem anuncia e vende produtos pelas redes sociais e só aceita depósito bancário.

Atualmente, os consumidores querem variedade para escolher a opção de pagamento mais viável no momento. Para oferecer aos clientes inúmeras opções e facilidade na hora do pagamento, conte com as soluções do PagSeguro.

Ao integrar a plataforma do PagSeguro em sua loja virtual, você aceita mais de 25 meios de pagamento, desde as principais bandeiras de cartão de crédito, débito online e boleto bancário.

Por sua vez, quem trabalha no comércio físico também pode se dar bem com as maquininhas do PagSeguro. Com a Minizinha, Moderninha Wifi ou Moderninha Pro você aceita pagamentos com cartões de débito e crédito. Aqui, a grande vantagem é que elas não cobram taxa de adesão nem aluguel, ou seja, você é dono do aparelho.

Ah, você é um empreendedor que utiliza as redes sociais e o WhatsApp para divulgar e vender produtos? Mais uma vez, o PagSeguro é seu parceiro ideal. Para facilitar a vida de seus clientes, ofereça pagamento por meio do serviço Pag.ae. Pelo site ou pelo aplicativo PagSeguro Vendas, você insere a descrição do produto (ou serviço) e seu valor, depois gera um link de pagamento. Aí, basta compartilhar esse link com seus clientes pelas redes sociais e WhatsApp. Automaticamente, eles poderão efetuar o pagamento com cartão de crédito ou boleto bancário.

Em todas formas de venda com o PagSeguro, seja online ou pelas maquininhas, você pode parcelar o valor da venda em até 12 vezes no cartão de crédito para seu cliente e receber o valor integral de uma única vez!

Boas vendas!

Seguindo essas dicas, você tem tudo para arrasar na Black Friday 2017! Prepare-se e sucesso!

Dicas para vender mais na Black Friday 2016

Como vender mais na Black Friday 2016

Desde 2010, a última sexta-feira de novembro já ficou conhecida, no mercado brasileiro, por oferecer 24 horas de liquidações imperdíveis, sobretudo no comércio eletrônico. Tanto é verdade que muitos consumidores preferem antecipar as compras de Natal durante a Black Friday.

Ano a ano, a data vem caindo no gosto dos brasileiros. Para se ter uma ideia, segundo dados da consultoria Ebit, as 24 horas de promoções movimentaram 1,64 bilhão de reais no comércio eletrônico no ano passado, um crescimento de 38% em relação ao 1,16 bilhão de reais que a data atingiu em 2014.

O sucesso deve se repetir neste ano. Pesquisa da consultoria aponta que 84% dos consumidores online ativos comprarão algum produto na sexta-feira de descontos. Quanto ao faturamento, a estimativa é que o e-commerce avance 30%, para 2,1 bilhões de reais.

Uma ótima oportunidade para os lojistas aumentarem a receita e queimarem o estoque parado, não é verdade? Então, descubra o que você deve fazer para preparar a sua loja para a Black Friday 2016. Vamos lá!

O PagSeguro realizou, no dia 08/11, uma transmissão ao vivo de um bate-papo com especialistas sobre o assunto, confira tudo que rolou e prepare-se para vender muito:

Faça descontos inteligentes

Se você decidiu entrar na Black Friday, trate de oferecer descontos agressivos para não decepcionar seus clientes. Mas isso não significa que você deve reduzir o preço de todos os produtos de qualquer jeito. Assim, você só vai acumular prejuízo.

É preciso planejamento. Uma alternativa para dar descontos atraentes sem ficar no vermelho é diminuir um pouco a margem de lucro. Agora, a melhor maneira de fazer promoções de preço em alguns produtos é negociar antes com seus fornecedores e parceiros.

Com antecedência, entre em contato com eles para convencê-los a diminuir o preço de alguns produtos para a Black Friday. Aqui, você precisa adotar o espírito de bom negociador que todo lojista deve ter!

Ah, e lembre-se que você não precisa colocar todos os produtos em oferta. Vale mais a pena priorizar aqueles que têm mais demanda e um preço mais elevado.

Renove o seu estoque

Como falamos acima, a Black Friday é uma ótima oportunidade para queimar aqueles produtos que estão encalhados no estoque e, por consequência, trazendo prejuízo para a sua loja. Uma vez que eles têm pouca saída, um jeito de se livrar deles é formar kits com produtos relacionados. Aí, ofereça bons descontos para chamar a atenção dos visitantes.

Aumente os investimentos em divulgação

Nunca é cedo para avisar a sua base de clientes que promoções estão por vir. Isso faz com que eles aguardem a Black Friday ansiosamente para comprar na sua loja. À medida que a data se aproxima, você deve intensificar essa divulgação. Nesse sentido, aposte em estratégias baratas e eficientes, como o envio de e-mail marketing e a atualização nas redes sociais.

Mas, para conseguir atrair ainda mais clientes, você deve tirar o escorpião do bolso e aumentar os investimentos em outros canais. Aqui, estamos falando de Google AdWords e Facebook Ads. Trata-se de ferramentas extremamente eficientes para levar usuários qualificados para a sua loja virtual, uma vez que é possível segmentar os seus anúncios de acordo com o perfil de seu público-alvo.

Ainda dá tempo

Se você ainda não tem loja virtual, não é nada complicado de iniciar uma agora e trabalhar para vender seus produtos ou serviços na Black Friday.

Em menos de 5 minutos, você consegue criar uma loja virtual no UOL HOST, e ela já vem integrada com Checkout/Tela de pagamento do PagSeguro, garantia de estabilidade e contando com um sistema anti-fraude por trás das transações. Você pode parcelar suas vendas em até 12x e recebe tudo de uma vez!

Caso você não queira criar uma loja virtual, você ainda pode vender pelo seu blog ou diretamente nas redes sociais, usando um Botão de Pagamento ou link direto para venda, que você pode gerar na sua Conta PagSeguro em poucos cliques.

Crie alternativas para entregar as encomendas em dia

Não consegue competir com seus concorrentes por preço? Então, aposte em entregas rápidas. Pode acreditar, os clientes adoram receber as encomendas em pouco tempo.

Para tanto, você já deve ter algumas alternativas debaixo da manga. Além dos Correios, procure fazer parceria com transportadoras e contratar serviços de motoboys para entregas locais. Vale a pena até usar veículo próprio para entregar os produtos em regiões próximas.

Ah, e não se esqueça de avisar seus clientes. Se você consegue entregar os produtos em até 24 horas para compras realizadas na cidade da sua loja virtual, deixe essa mensagem bem clara nas suas mensagens de divulgação e no próprio site.

Já pense no Natal

Uma vez que muitos consumidores aproveitam os descontos da Black Friday para comprar os presentes de Natal, as vendas, em dezembro, podem cair consideravelmente. Para evitar essa queda brusca, faça uma promoção para que os clientes voltem durante o Natal. Assim, quem comprar na Black Friday ganha um pequeno desconto nas compras realizadas em dezembro.

Não engane os consumidores

Apesar de ganhar adeptos ano a ano, a Black Friday ficou com uma fama ruim que, até hoje, ainda persiste. Para dar a impressão de descontos agressivos, muitas lojas virtuais aumentavam o preço dos produtos na véspera e, aí, voltavam ao preço normal durante a sexta-feira de descontos. Quando os consumidores perceberam a estratégia de enganá-los, a data ganhou o apelido pejorativo de Black Fraude.

Portanto, não menospreze a inteligência de seus clientes. Eles monitoram os preços dos produtos durante o ano e sabem quando, de fato, eles estão com bons descontos. Seja, também, transparente com os visitantes. Se um produto acabou no estoque, avise imediatamente no site. Isso evita alguns transtornos desnecessários.

Por fim, nunca mude o preço durante a Black Friday. O que você anunciou no e-mail marketing e nas redes sociais deve permanecer durante as 24 horas de promoção!

Afinal de contas, a sua reputação está em jogo. Sabendo que o Natal é a próxima data que você deve aproveitar para faturar mais, a imagem da sua loja virtual não pode estar manchada.

É isso aí! Prepare-se e boas vendas!