Arquivo da tag: dicas para vender

Estratégias para mobile crescerão em 2016

estrategiasmobile

Com a chegada de 2016 uma coisa ficou bem clara para quem trabalha com e-commerce: mais do que nunca, as estratégias para mobile devem entrar em prática e da maneira correta.

Cerca de 30% das compras em lojas virtuais em 2016 serão feitas por meio de dispositivos móveis, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Essa fatia é muito alta para ser “ignorada”.

Diante desse crescimento, todos os players do mercado devem observar as melhores estratégias para se posicionarem e atuarem no marketing digital. Confira algumas dicas rápidas do PagSeguro para aproveitar ao máximo as vendas em smartphones e tablets.

Reforce a presença da sua marca:
O primeiro passo para vender no mobile, é estar nesse ambiente.

Melhore a experiência dos seus clientes:
Invista em redes sociais, sites responsivos e até mesmo em aplicativos.

Pense na jornada do cliente:
Ao criar um site responsivo ou aplicativo, aplique testes com conhecidos e veja como eles se comportam durante uma compra. Assim, consegue prever as dúvidas dos seus clientes reais.

Pense na velocidade:
No Brasil, as conexões 3G e 4G as vezes deixam a desejar. Portanto, garanta que o seu site o aplicativo funcione até mesmo com conexões mais fracas.

Investir é preciso:
Com o crescimento da presença mobile, todos vão querer um pedaço. Ou seja, investir em mídia pode ser a saída para o seu negócio estar um passo à frente.

Monitore como o seu cliente compra:
Se os clientes visitam site mobile, mas compram pelo desktop, o seu site mobile pode apresentar alguma dificuldade na navegação.

Use essas dicas com sabedoria, faça um planejamento para as estratégias mobile da sua empresa e venda ainda mais. Se precisar de alguma solução para o seu negócio, conte com o PagSeguro.

Fontes:
http://www.proxxima.com.br/home/mobile/2016/02/10/Estrategias-em-mobile-commerce-crescerao-em-2016.html?xxi_mm
http://ecommercenews.com.br/noticias/tendencias/estrategias-em-mobile-commerce-devem-se-fortalecer-em-2016
http://globalfranchise.com.br/blog/3-estrategias-para-chegar-ao-consumidor-mobile-2/
http://imasters.com.br/mobile/10-dicas-para-uma-estrategia-mobile-efetiva/?trace=1519021197&source=single

Ainda da tempo de preparar sua loja para o Dia dos Pais.

Segundo a Federação das Câmaras de dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo, o varejo prevê um crescimento entre 1% a 3% no número de vendas no dia dos Pais (que este ano será comemorado em 9 de agosto), em comparação com o mesmo período do ano passado. A Fecomércio RJ/Ipsos indica uma receita de R$ 3,8 bilhões na data, segundo pesquisa nacional sobre intenção de compra.

Pode ser um crescimento tímido devido ao momento econômico no país, mas definitivamente é uma oportunidade de focar em nichos de mercado, fidelizar clientes que já compram com você e conquistar novos adequando sua a estratégia de marketing.

Caso você ainda não tenha se programando para a data, aqui vão 4 pontos que você deve levar em conta para organizar uma boa estratégia de vendas para o Dia dos Pais.

1 – De olho no Estoque para atender a demanda
Sem produto ou disponibilidade de serviço não é possível atender a demanda correto? Então tenha em mente que é necessário se programar. Faça os cálculos com relação ao que você costuma vender e estime o crescimento possível para a data (isso dependerá do ramo que você atua, volume de vendas e modelo de negócio).
Veja se é necessário ficar de olho e repor a tempo algum item com alta demanda. Se o seu negócio for focado em serviços, prepare-se para atender o volume de pedidos com eficiência.

2 – Divulgação é a alma do negócio
Você já deve ter ouvido a frase “propaganda é a alma do negócio”. É quase um ditado popular correto? E não é à toa. Se você não falar e mostrar o seu comércio para o mundo, dificilmente as pessoas saberão que você existe ou sentirão a necessidade de comprar o que você vende. Então se prepare para divulgar sua loja. Veja a possibilidade de fazer ofertas especiais para a data. Analise seu cliente e estude em quais canais você pode se comunicar com ele. Você vende biquíni? Quem sabe uma divulgação no Facebook ou instagram seja efetiva? Ou vende doces por encomenda? Já experimentou distribuir alguns cartões ou folders no seu bairro?
Não necessariamente é obrigatório gastar-se uma fortuna em publicidade para ter seus objetivos em divulgação alcançados

3 – Logísticas e entrega.
Sim, esse é um ponto delicado principalmente no comercio eletrônico brasileiro. Mas é possível se programar. Sempre deixe claro para seu comprador o prazo de entrega, e nunca omita essa informação. Organize-se bem para acompanhar as entregas e crie uma comunicação clara com seu cliente.

4 – Meios de pagamento para aumentar a conversão
Atualmente, o cartão de crédito é a forma de pagamento mais utilizada para compras tanto em lojas físicas quanto no comercio eletrônico. É importante, para melhor conversão de suas vendas, que você ofereça a seus compradores as principais formas de pagamento e junto a isso, as principais bandeiras de cartão de crédito do mercado.
O PagSeguro disponibiliza mais de 30 formas de pagamento para que você ofereça a seu cliente a comodidade e segurança na hora da compra. Clique AQUI para saber mais

É importante se preparar para datas sazonais e aproveitar as oportunidades para reforçar o relacionamento com os seus clientes, conquistar novos compradores e divulgar a sua loja.

Fonte: G1 e Jornal da Manhã (links no post)

4 dicas para migrar do físico para o virtual

4 dicas

O ano de 2014 foi fantástico para o varejo eletrônico nacional. Segundo dados da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), os e-commerces faturaram R$ 39,5 bilhões, números que representam um crescimento de 27% em relação a 2013. Foram 57 milhões de consumidores online comprando os mais variados produtos. Moda e acessórios, eletrodomésticos, saúde e beleza, eletrônicos e informática foram as categorias mais procuradas.

Por isso, as expectativas para 2015 eram altas: faturamento esperado de R$ 49,8 bilhões, crescimento de 26%, 62 milhões de compradores e o mobile commerce assumindo papel de protagonista e impulsionando ainda mais as vendas online. Até agora, o desempenho do varejo eletrônico brasileiro não tem decepcionado.

O cenário é animador e a quantidade de empresas que ingressam no ambiente digital é enorme. Com a concorrência aumentando, é preciso fazer a migração do ambiente físico para o virtual com cuidado e muito estudo. Por isso, o PagSeguro listou 4 dicas importantes para realizar a transição com sucesso:

 

Formação da sua Equipe

O seu e-commerce será uma operação completamente diferente e separada da loja física. Por mais que a sua equipe atual seja eficiente, é fundamental treinar e capacitar os funcionários responsáveis pela administração. As vendas online funcionam de maneira distinta e o comportamento do consumidor muda consideravelmente no ambiente digital. Atendimento online e logística merecem atenção redobrada.

Estoque

Essa é uma das partes mais importantes para migrar com sucesso. Defina se a sua empresa terá estoques separados para a loja física e para a loja virtual, ou se ambos serão integrados. Estude bastante a sua logística e defina seu método com cuidado. Independente da escolha feita, jamais deixe de atender a sua demanda.

Ações de Marketing

Uma empresa virtual tem inúmeras possibilidades de se comunicar com seus clientes atuais e consumidores em potencial. Email Marketings, Facebook, Instagram, LinkedIn, banners, Youtube… Faça um bom planejamento e invista com inteligência em suas ações de marketing digital. Com certeza, elas vão dar resultado e atrair muitos novos compradores.

Utilize boas ferramentas

No e-commerce, é essencial oferecer boas condições de compra para os seus consumidores. Variedade de meios de pagamento e opções de parcelamento flexíveis, por exemplo, são características muito bem vistas por quem compra online. Frete a bons preços, bom fluxo do processo de compra, site com funcionamento simples e segurança também são de grande importância. O PagSeguro oferece tudo isso e muito mais para que a sua loja eletrônica tenha sucesso. Conheça as vantagens.

Agora, você já tem uma boa ideia do que precisa fazer para realizar a migração da sua loja física para o ambiente digital com sucesso. Aproveite o crescimento do varejo eletrônico no Brasil e aumente o seu faturamento! Para saber mais, confira as dicas dos especialistas do Impulso Digital, canal de dicas e informações para e-commerces:

Impulso Digital

 

Fonte: E-commerce News ( LINK 1LINK 2)

4 dicas para alavancar suas vendas em 2015


Nunca existiu um período melhor para ter uma loja virtual no Brasil. O e-commerce cresce aceleradamente, o mobile commerce ganha força e, cada vez mais, os consumidores se sentem seguros ao comprar pela internet.

Com a estratégia certa para o seu negócio, você pode tirar um grande proveito do crescimento do comércio eletrônico, aumentar suas vendas e fazer de 2015 um excelente ano. Para isso, o PagSeguro te dá 4 dicas importantes:

1 – Aproveite as redes sociais
As redes sociais têm desempenhado um papel fundamental nas vendas online, influenciando muito na descoberta de produtos e decisões de compra. Facebook e Twitter, por exemplo, estão investindo bastante na área, criam novas ferramentas e vêm ganhando importância como canais para as lojas virtuais.

2 – Mapeie as datas comemorativas mais importantes
Donos de e-commerces aguardam ansiosamente por datas comemorativas, e com razão, já que as vendas aumentam muito nessas oportunidades. Mas algumas delas podem ou não ser relevantes para o seu tipo de negócio. Por isso, faça um mapeamento das datas que te interessam e se prepare com antecedência para elas.

3 – Black Friday 2015: garantia de boas vendas
A Black Friday de 2014 foi um enorme sucesso e quem se preparou para ela, não se arrependeu. As projeções para esse ano são mais animadoras ainda. Portanto, esteja pronto: ofereça descontos e promoções, promova sua loja e prepare sua estrutura para atender a um grande número de compradores.

4 – Fique de olho no Mobile Commerce
Cerca de 10% dos consumidores brasileiros usaram dispositivos móveis para comprar em 2014. Esse tipo de plataforma vem crescendo bastante, criando uma bela oportunidade para aumentar sua receita. Portanto, investir em formatos para smartphones e tablets pode ser uma excelente ideia para o seu negócio.

Geração Z: 4 dicas cruciais para conquistar este grande público

Conhecidos como a Geração Z, jovens na média dos 20 anos compõe a nova geração de consumidores, sendo que no comércio online eles já são grande parte dos compradores pelo fato de terem crescidos conectados e dominarem a web – por muitas vezes ensinando outras gerações a realizarem compras virtuais.

Então como conquistá-los?

1. Essa nova geração que vive conectada sabe onde e como achar informações

Eles encontram em poucos minutos o que desejam, buscando menor preço e maior confiabilidade na entrega. Por isso é importante que os seus produtos estejam à vista deles e atraiam sua atenção – invista em mídia digital de maneira relevante para que sua loja e suas promoções sejam divulgadas de maneira eficiente. O que nos leva ao próximo ponto:

2. Eles são multiscreen, estão sempre em diversas telas e mídias…

…e por isso você não pode ser apenas mais um e passar sem ser notado. Para conquistá-los, estude bem onde melhor se encaixa sua divulgação, buscando chamar atenção principalmente pelo apelo visual – uma boa dica é provocar e instigar este público – curiosidade é o que não falta a esta nova geração, e com uma boa dose de ousadia, seu anúncio pode ser facilmente repassado para diversas pessoas.

3. Construa sua experiência com esse público

Redes sociais são suas mídias favoritas, e lá eles estão à procura de experiências construtivas, que lhe agreguem interatividade, entretenimento e conhecimento. Diante disso, torne seus canais sociais interessantes para esta geração, sempre analisando qual canal tem maior afinidade com seus produtos e seu público.

4. Saiba que “dar mancada” com eles pode custar muito, muito caro.

Se o esforço para reconquistar um cliente perdido é 10 vezes maior do que para uma primeira conquista, pode ter certeza que com os “Z’s o esforço de uma reconquista terá de ser 3 vezes maior – ou quase impossível. Isso porque o antigo poder de “botar a boca no trombone” foi potencializado ao máximo pelas redes sociais – agora eles botam a boca e a cara no YouTube e os dedos no Twitter e no Facebook.

O importante é ficar atento e manter-se atualizado – esta nova geração é ávida por novidades e exigente na rapidez e segurança da entrega  – esteja sempre conectado ao blog e às mídias sociais do PagSeguro e não deixe nenhuma oportunidade passar.

7 dicas para você comprar pela internet com segurança

São muitas as vantagens de comprar pela internet: você não pega filas, não paga estacionamento, compra onde e quando quiser, recebe em casa e o principal: encontra preços mais baixos.

Mas lojas mal intencionadas existem tanto na vida real como na digital. Para evitar dor de cabeça, confira as principais dicas para fazer suas compras em lojas virtuais com segurança e tranquilidade:

1. Utilize um serviço de comparação de preços

Pesquisar em lojas virtuais confiáveis é o primeiro passo para quem quer garantir preços baixos. Para isso, economize tempo com os serviços do Shopping UOL, que compara preços em diversos sites, além de divulgar opiniões e avaliações sobre as lojas virtuais.

2. É lei: todo e-commerce precisa divulgar endereço, CNPJ e telefone.

Desde maio de 2013, o Decreto Federal nº 7962/13 determina obrigações para todas as lojas virtuais brasileiras – entre elas, a divulgação em local visível do site informações como CNPJ, endereço físico e número do telefone. Ou seja: lojas que não seguem esse padrão não estão de acordo com a lei. Fique atento!

3. Preço baixo tem limite.

O ditado “quando o milagre é muito, o santo desconfia”  deve ser lembrado na hora das compras online. Desconfie imediatamente de preços MUITO abaixo da média: em 99% das vezes se tratam de fraudes, produtos falsificados ou de procedência ilegal, que não contam com garantia ou suporte do fabricante.

4. Se não informa prazo de entrega, não compre.

Os sites de e-commerce tem obrigação de informar o prazo de entrega de maneira clara. Se você tem informações confiáveis sobre os serviços da loja e não tem pressa, ok – às vezes um preço mais baixo justifica a espera. Caso contrário, busque um site que entregue dentro de uma média de prazo padrão de  3 e 5 dias úteis, mais o prazo de entrega varia de acordo com o tipo de site ou produto, confirme todas as informações de entrega antes de finalizar a compra.

5. Pergunte, pesquise e informe-se sobre a reputação da loja.

Preço baixo, prazo de entrega aceitável, mas ninguém nunca ouviu falar da loja? Estranho não? Nunca se esqueça de procurar informações sobre a loja com conhecidos ou na própria internet, em sites de pesquisa, redes sociais ou fóruns de discussão – mais vale perder de cinco a dez minutinhos em pesquisa do que dias tentando resolver um problema.

6. Utilize apenas computadores confiáveis para fazer suas compras

Faça suas compras de computadores pessoais. PCs de uso público – como de lan houses, faculdades, etc – podem não possuir proteção antivírus ou já estarem infectados e são capazes de copiar seus dados bancários e outras informações pessoais, então cuidado! Prefira sempre que possível e se disponível pelo site, comprar com o PagSeguro, pois seus dados ficam protegidos em ambiente seguro.

7. Informe-se antes de concluir o pedido

Opte por lojas que forneçam o máximo de canais para se comunicar com você: chat no site, redes sociais, e-mail, telefone e até whatsapp já são utilizados para o esclarecimento de dúvidas e o atendimento ao cliente. Use isso para esclarecer qualquer dado sobre a venda ou característica do produto que não esteja incluída no anúncio.

Dicas infalíveis para você arrasar na Black Friday

A Black Friday, como é conhecida a mega promoção das lojas na última sexta-feira de novembro nos EUA, ganhou sua versão brasileira em 2010 nos e-commerces. De lá para cá ela cresceu de maneira tímida nas lojas físicas, enquanto na web conquistou os consumidores virtuais: segundo dados da consultoria e-bit, a nossa “Sexta Negra” movimentou 770 milhões de reais em 2013 – um crescimento de 217% em relação ao ano anterior . Traduzindo os números: se você tem uma loja virtual, não pode ficar de fora dessa!

Mas como fazer?

1. Nada de “metade pelo dobro do preço”

Segundo uma pesquisa realizada pelo Mundo do Marketing em parceria com a Opinion Box, 95% dos consumidores afirmam que irão monitorar os preços dos itens que desejam comprar antes que a data se aproxime.

Se é para fazer, faça direito para não manchar o seu nome.

2. Fique atento aos servidores do seu site

O ideal é possuir uma equipe ou realizar uma consultoria de TI periodicamente para que os servidores da sua loja virtual sempre acompanhem a demanda de operações. Ter um site fora do ar ou com problemas na hora das transações pode afastar qualquer cliente – talvez para sempre.

 3. Atenda seus clientes o mais rápido possível – sempre.

Contar com um atendimento rápido ao cliente caso ele tenha alguma dúvida ou dificuldade para finalizar a compra é essencial para que uma loja se destaque das demais e tenha sucesso nas vendas. Uma boa dica é ter um chat, e-mail e/ou whatsapp – ou qualquer outro canal confiável para que o comprador entre em contato com você.

4.Chegou a hora de limpar o estoque.

Aproveite para ofertar os produtos que serão substituídos por novidades e/ou novas coleções  – este é o real propósito deste megaevento. Faça as contas, e veja também se é possível diminuir o lucro em algumas mercadorias para ganhar com a quantidade de vendas – sem que isso deixe as contas no vermelho, claro.

5. Propaganda é a alma do negócio – e o segredo da Black Friday.

E se há um momento ideal para investir na divulgação do seu site, ele chegou: diversas lojas também irão fazer o mesmo, e as suas ofertas precisam aparecer para o público caso você queira obter sucesso. Além disso, potencialize suas vendas com um diferencial: oferecer frete grátis, por exemplo, é algo valorizado por 71% dos consumidores; garantir o tempo de entrega também é um diferencial, já que diversas lojas costumam atrasar as entregas dessa data em muitos dias.

6. Para produtos que não tem como dar desconto

Se ficar difícil para você dar um desconto grande, monte kits com conjuntos de produtos e dê um desconto maior – você ainda poder oferecer frete grátis ou parcelamentos maiores.

7.Seja transparente tanto nas ofertas quanto nas negociações

Transmitir o máximo de confiança aos seus clientes potencializa suas vendas – lembre-se que um eventual problema nesse dia pode gerar uma má reputação para sua loja.

 

Descubra como aumentar suas vendas com o Envio Fácil: O frete até 70% mais leve para o seu bolso.

A hora do frete sempre pode ser um empecilho para suas vendas – muitos clientes desistem da compra na hora em que descobrem o valor do frete e/ou o prazo de entrega e acabam optando por vendedores que ofereçam uma entrega mais em conta e de menor tempo.

Segundo pesquisa do E-bit, 78% dos entrevistados afirmam dar atenção aos valores e opções oferecidos pelas lojas – A lógica já é conhecida: quem compra pela internet tem maior facilidade em comparar preços e na hora de escolher a loja virtual quase sempre opta por menores preços, tanto no valor do produto quanto no frete.

E que tal alavancar suas vendas e até desencalhar aqueles produtos do estoque fazendo uma promoção e oferecendo frete grátis?

Isso também é mostrado na pesquisa como um dos maiores estímulos para a compra online: 82% dos pesquisados disseram que comprariam mais pela internet se encontrassem preços mais baixos e 52% afirmaram que tenderiam a fazer mais compras caso houvesse uma maior oferta de frete grátis.

Pensando nisso, o PagSeguro desenvolveu o Envio Fácil: um serviço em parceria com os Correios, que oferece um frete com até 70% de desconto, seguro da mercadoria e o seu rastreamento. Além disso, você conta com maior agilidade e praticidade na hora do envio, pois o valor do frete é pago com o saldo da própria venda, e com apenas uma etiqueta o produto pode ser postado em uma agência dos Correios.

Quando pensar em suas próximas vendas, não deixe de usar o Envio Fácil e aumente seus lucros!

Fonte: http://pt.slideshare.net/elenposse/web-shoppers2013