Arquivo da tag: estratégia

Quer vender mais pela internet? Aposte nas parcerias!

Construir um negócio online exige tempo e dedicação. Além disso, exige uma habilidade incrível em negociar e identificar novas oportunidades. Sempre que possível, aposte em parcerias para alavancar suas vendas. Elas demonstram que você está antenado e consegue gerar valor para novos negócios.

Pode ser com um fornecedor que quer lançar um produto novo no mercado e aí você negocia uma margem melhor para fazer o lançamento e ajudar na divulgação da novidade. Ou o fornecedor pode dar algum brinde para uma promoção nas redes sociais. Neste último caso, as duas empresas ganham com a divulgação e aumento de vendas.

A parceria pode até ser com seu concorrente. Você pode juntar várias empresas e combinar uma compra em conjunto de insumos como embalagens e material de escritório. Ao aumentar o volume da compra os descontos são maiores e todos saem comprando. É um jeito incrível de comprar e seus gastos podem diminuir consideravelmente.

Procure produtores locais na sua cidade. Costureiras, artesãos , ONGs e cooperativas para se associar. Assim você ajuda este trabalho, consegue preços competitivos e ajuda sua marca a ser percebida como socialmente responsável. Já fez alguma parceria? Conte para gente ali nos comentários e não esqueça de contar com o PagSeguro no check-out da sua loja online. Faça sua inscrição rápida e grátis:

Crédito da imagem: thinkpanama via Compfight.

Nem só do mundo online vive o e-commerce

Por ser uma atividade econômica aparentemente online, muitos empreendedores acham que o negócio virtual se resolve somente no universo digital. Mas na prática ações no mundo real podem impactar de forma decisiva na sua lucratividade no final do mês. A primeira pergunta mais óbvia, porém necessária, é: você já avisou os parentes e amigos sobre o que tem para vender na sua loja online?

Eles com certeza vão querer prestigiar você e pelo menos levar em conta sua loja na próxima necessidade. Mas existem outras associações não tão óbvias. Será que alguma empresa da sua cidade não precisa do seu produto? Será que não vale a pena marcar uma visita e mostrar como pode ser simples a compra direta pela internet? Onde está neste exato momento um cliente potencial da sua marca e por que ele não está comprando com você?

É claro que isso só é possível numa área limitada, mas as vezes numa só venda pode-se bater aquela meta do mês e complementar o caixa. Além disso, esse novo comprador pode indicar para outros amigos de outras cidades e a mágica da venda acontecerá.

Aposte também em anúncios de revistas e jornais, outdoors e outras mídias fora do mundo online. E se você ainda não possui o PagSeguro instalado no seu e-commerce aproveite e faça sua inscrição. É gratuito e fácil de implementar. Bons negócios!

Crédito da imagem: photosteve101 via Compfight.

Cadastre agora mesmo no PagSeguro:

Dicas ao montar uma loja virtual

Segundo o SEBRAE mais de 40% das empresas brasileiras fecham as portas antes mesmo de completarem 5 anos de atuação. E isso não poderia ser diferente com o comércio eletrônico, já que também se trata de uma empresa e necessita de muito planejamento e estudo antes de iniciar suas atividades.

Abaixo confira algumas dicas de como montar uma loja virtual:

  • Estruturação: é necessário ter em mente o terreno em que você está inserindo sua empresa, assim como ter bons profissionais e realizar constantemente cursos sobre a área;
  • Plano de negócios: se a empresa física tem um plano de negócios, porque a empresa virtual não precisaria ter? elabore um o mais completo possível;
  • Invista em marketing digital: marketing, conteúdo, mídias sociais e mais uma séria de fatores devem estar presentes no dia-a-dia da gestão da sua loja virtual;
  • Conheça seu público: tenha em mente qual o público que você pretende atingir e como ele se comporta no mercado e atuação que você está trabalhando. Cada mercado tem um público diferente.

Fonte: E-commerce News. Crédito da imagem: zev via Compfight.

Outra dica fundamental é oferecer uma forma segura e confiável para os seus clientes realizarem o pagamento online. Para isso conte com o PagSeguro. Cadastre-se agora mesmo:

Entrega do produto: os cuidados necessários no e-commerce


De todas as fases de uma transação na internet, a que recebe mais reclamações dos consumidores é na última fase: a entrega do produto. As principais reclamações de sites do gênero são relacionadas ao produto, como o produto veio com defeito, de cor diferente, problema com troca, devolução, mas o campeão de reclamações são os atrasos na entrega.

Diferente de uma transação em uma loja física, o cliente não sai com o produto em mãos assim que faz o pagamento. Na internet, muitas vezes o comprador faz o pagamento e depois o vendedor envia o produto. O comprador dá um “voto de confiança” para o vendedor, contando que ele receba o produto dentro do prazo. Para evitar que o seu comprador não receba o produto dentro do prazo, existem alguns cuidados a serem adotados:

  1. Venda somente produtos que possuem estoque para entrega imediata;
  2. Quanto antes o produto for embalado e despachado, mais chances tem de chegar dentro do prazo;
  3. Tenha um bom relacionamento com as transportadoras. Muitos vendedores usam terceiros para fazer a entrega e estão sujeitos a falhas. Fique atento com o que está acontecendo com seu parceiro, se algo ocorrer, você possui tempo para escolher outra empresa ou avisar seu comprador sobre um novo prazo para entrega.

Fonte: E-commerce Brasil. Crédito da imagem: c.alberto via Compfight.

Outro cuidado muito importante é oferecer uma forma segura e confiável para que os seus clientes realizem o pagamento sem nenhum problema. Cadastre-se agora mesmo no PagSeguro e conheça todos os benefícios para o seu e-commerce:

Os 4 Ps aplicados ao ecommerce

Target MarketCreative Commons License Poster Boy via Compfight

Atualmente, o marketing é peça fundamental para qualquer negócio, e no e-commerce não é diferente. Um dos assuntos mais estudados por profissionais da área é o mix de marketing, dividido pelo famoso “4Ps”: Produto, Preço, Praça e Promoção. Como estes elementos se apresentam no comércio eletrônico?

Produto

“Produto é a oferta de uma empresa que satisfaz uma necessidade”. É necessário que o produto oferecido satisfaça seu público-alvo em todas as suas necessidades, por isso a construção do mix de produto adequado é fundamental. No comércio eletrônico a estratégia de “Long Tail” (cauda longa) também ajuda muito: você usa carros-chefes, mas também atende demandas periféricas, que seriam impossíveis em lojas físicas. E também pode dar atenção a produtos que atendam a alguns clientes, outros para intermediários, sazonais e os temporários.

Preço

Marketing nada mais é do que trocar benefícios, tanto para o lojista quanto para consumidor. Definir preço não é fácil! Com o mercado extremamente disputado, o preço é a variável de decisão de compra e deve ser definido com muita exatidão. Há 4 fatores que devem ser analisados para determinar preço:

  • Qual objetivo de venda ou lucro?
  • Qual o custo dessa oferta?
  • Existe demanda para esse produto?
  • Como a concorrência trabalha?

Praça

Após definir Produto e Preço, chega a hora de colocar no ar. Como estamos falamos de comércio eletrônico, além de como expor os produtos (clique no link e veja nossos artigos a respeito) é necessário pensar também na entrega – ou seja, em distribuição, armazenagem, logística.

Promoção

O último P, promoção, é a comunicação entre o lojista e o consumidor. No ambiente on-line existem inúmeras maneiras de divulgar um produto: links patrocinados, banners, blogs, compradores de preço, e-mail marketing. O primeiro passo de uma comunicação efetiva é definir qual o público alvo e qual sua verdadeira necessidade. A comunicação quando não é bem planejada pode ser fatal. E com a forte influência das mídias sociais, qualquer erro pode se transformar em uma barreira.

Depois de tudo, conte com o sistema de pagamento mais usado do mercado e use o PagSeguro.

Fonte: http://enext.com.br/blog/

E para você que trabalha diretamente com e-commerce não deixe de se cadastrar no PagSeguro e oferecer aos seus clientes a melhor opção como forma de pagamento. Cadastre-se agora mesmo:

FortBrasil mais uma forma de pagamentos no PagSeguro

O PagSeguro aumenta o leque de opções e apresenta mais um meio de pagamento: o cartão de crédito FortBrasil. No mercado desde 1994 e com bastante força no mercado nordestino. Composta por mais de 200 varejistas dos mais variados ramos de atividade, que totalizam mais de 1000 pontos de captação e atendimento; mais de 5.000 estabelecimentos comerciais (farmácias, supermercados, postos de combustível, restaurante, lojas de confecção, magazines, dentre outros) e mais de 500.000 usuários finais (portadores do cartão).

Com a FortBrasil, você pode parcelar em até 12 vezes seus pagamentos. Agora, o PagSeguro possui mais de 20 meios de pagamentos que facilitam a experiência de vender e comprar na internet, além da segurança que só o PagSeguro oferece.

Quer fazer parte dessa rede de vendedores e oferecer o PagSeguro como forma de pagamentos? Cadastre-se agora mesmo:

 


Use a mídia social a seu favor

iPhone 4Creative Commons License Photo Credit: Brian Wilkins via Compfight

 

Presença digital é fundamental, principalmente para as pequenas e médias empresas (ou profissionais liberais). Elas são a melhor forma de estar perto dos seus clientes e se comunicar com eles de forma direta e objetiva. As redes sociais é um fenômeno que está no nosso cotidiano já, e não pode ser ignorada. Em nosso país, cada vez mais pessoas estão ingressando nas redes sociais e estão se tornando ativas na comunicação. Para muitas delas, as redes sociais são o melhor canal para entrar em contato com uma empresa.

Aqui no Blog do PagSeguro temos diversos artigos sobre Marketing no E-commerce e também sobre Social Commerce, e é sempre necessário fazer revisões, dadas as muitas mudanças. Por exemplo: em 2012 você pode apostar em algumas redes muito específicas – sempre de acordo com sua estratégia de marketing, planejamento e equipe: Twitter, Facebook (mais usadas), LinkedIn e blogs; e a nova estrela, o Pinterest.

O detalhe é que não basta ter um canal por lá, é preciso saber usar para construir uma imagem positiva. A palavra chave para uma empresa nas redes sociais é “interação”. Interagir com o cliente é primordial, aproximando-se dele, tirando dúvidas, lendo reclamações, oferecendo produtos, promoções, entre outras ações de fidelização e comunicação com seu cliente. Uma ótima ferramenta (além das nossas dicas) é o livro “Marketing nas Mídias Sociais em 30 Minutos“, de Susan Gunelius (Cultrix, R$ 31,41).

Aproveite para acompanhar os canais do PagSeguro no Twitter e no Facebook.

E se você ainda não tem uma conta, não perca tempo e faça agora mesmo seu cadastro.

Se você também quer ser um parceiro PagSeguro. Faça seu cadastro:

 

Via: Administradores