Arquivo da tag: internet

O sucesso da Black Friday 2014

Desde que surgiu, nos Estados Unidos, a Black Friday é um dos dias mais importantes do ano para vendedores. Descontos e promoções enormes são oferecidos e os consumidores esperam ansiosamente pela hora de começar a comprar.

No Brasil, a data chegou com força total e desde então, seus números simplesmente não param de aumentar. A edição de 2014 teve um crescimento de 51% em relação ao ano passado, gerando um faturamento incrível de R$ 1,16 bilhão apenas no e-commerce. O tíquete médio também cresceu bastante, chegando a R$ 522 .

Cada vez mais, os consumidores participam da Black Friday. Agora, já conhecem a data, confiam nela e sabem que é sinônimo de bons negócios. Foram mais de 1,2 milhão de consumidores únicos, e 18% deles aproveitaram para fazer sua primeira compra online. As categorias mais buscadas são telefonia e celulares, eletrodomésticos, moda e acessórios e informática e eletrônicos.

Ter uma loja virtual nunca foi tão vantajoso, e a Black Friday de 2014 mostrou isso com clareza. Se, em apenas um dia, tantas vendas foram geradas, imagine só o que os outros 364 podem proporcionar para o seu negócio. Venda você também!

Fique ligado! Saiba como o Marco Civil da internet pode afetar o seu e-commerce


Recentemente foi aprovado pelo senado e sancionado pela Presidente o Marco Civil da internet, a lei que regulamenta e estabelece princípios, direitos e deveres a todos que usam a internet – de internautas a provedores. Mas o que isso interfere na sua loja virtual?

Para quem possui uma loja virtual – mais especificamente sobre a mídia que você fará para sua marca utilizando informações dos seus consumidores: é o fim do marketing dirigido ou “remarketing”. Isso porque a garantia de privacidade proíbem o monitoramento, filtragem ou análise de conteúdos que visem atingir um cliente visitou sua loja sem realizar compras.

A regra não é valida caso o consumidor fique ciente e dê o seu consentimento em ser abordado e dirigido ao ambiente de compra.

Saiba mais!

PagSeguro na Campus Party 6 / 2013

Atenção amantes da tecnologia, internet e cultura nerd! O PagSeguro tem o orgulho de anunciar que estará mais uma vez presente na Campus Party em 2013, em sua 6ª edição como meio de pagamentos oficial do evento!

A Campus Party surgiu na Espanha em 1997 e ocorre no Brasil desde 2006. É hoje o maior evento de tecnologia da América Latina onde as pessoas acampam e participam de palestras, workshows, áreas de conteúdo e outras coisas que só acontecem na Campus Party.

O PagSeguro está com a Campus Party desde a primeira edição em terras tupiniquins, levantando a bandeira do orgulho nerd e apoiando os grandes nomes da tecnologia e da cultura online do mundo! Se você nunca foi em uma Campus Party, comece a se preparar para ir no ano que vem. Se já é campuseiro, se prepare para ir novamente, pois o PagSeguro estará lá mais uma vez! 😀

Para comprar seu ingresso acesse: http://www.campus-party.com.br/2013/Entradas.html

oooooOOOOOOOOOOooooooo!!!!!

Redes sociais consomem tempo dos internautas durante o trabalho

Quantas vezes, no meio do expediente de trabalho, você se pegou dando aquela espiada no Facebook ou fazendo algum comentário aparentemente inofensivo no Twitter? O quanto as redes sociais distraem você dos afazeres do dia a dia?

Muito mais vezes do que você pode imaginar. A empresa de Red e App desenvolveu um infográfico que mostra como as interrupções influenciam a produtividade dos funcionários. Foram medidas quantas “escapadinhas” são feitas durante o dia aos mais populares serviços: Facebook, Twitter e e-mails.

Dentre as descobertas mostradas no estudo, 28% do dia seria gasto em interrupções e tempo de recuperação de tarefas. Se levarmos em consideração que um dia de trabalho possui 8 horas, significa que os funcionários gastam um pouco mais de 2 horas se distraindo com abas de serviços não relacionados às atividades.

Ainda segundo a pesquisa, funcionários interrompem suas tarefas uma vez a cada 10,5 minutos, ou seja, quase seis “escapadinhas” por hora. Além disso, mais de 40% dos trabalhos interrompidos não seriam imediatamente retomados – trabalhadores demorariam mais de 23 minutos para voltarem aos afazeres.

Outro dado interessante é que quase metade dos funcionários (45%), segundo o infográfico, acredita poder realizar mais de uma tarefa ao mesmo tempo. O que não é lá muito real, porque, segundo a análise, tarefas realizadas simultaneamente levam, em média, 30% mais tempo para serem finalizadas do que se fossem feitas sequencialmente.

Segundo o infográfico, o Facebook registra diariamente mais de 1 bilhão de postagens, sendo 700 mil o número de mensagens enviadas a cada segundo pela rede social de Mark Zuckerberg. Ainda de acordo com a análise, a média de tempo gasto por usuários no site, por mês, é de 405 minutos (quase 7 horas!).

Já os números registrados para o Twitter são um pouco menores, mas não melhores. Segundo a pesquisa, 400 milhões de tuites são enviados a cada dia. A média de tempo que usuários gastam no microblog é de 89 minutos por mês (cerca de 3 horas). Por segundo, o número de mensagens chega à marca de 175 mil. Fora isso, a Red e App registrou 1 milhão de novas contas cadastradas a cada dia no site.

No quesito e-mails, a leitura de mensagens recebidas durante o expediente sugaria 28% do tempo dos funcionários, em média, sendo 112 a média de mensagens que o trabalhador troca durante o dia. O número de e-mails que circula na Internet chega a 62 bilhões, em média, diariamente.

Se você ainda acha que tudo isso não passam de números, saiba que o impacto calculado dessas “escapadinhas” diárias é de cerca de 650 bilhões de dólares por ano, ou mais de 1 trilhão de reais em gastos – isso só nos Estados Unidos.

Para ver o infográfico original (em inglês), clique aqui.

Via: IDG Now!. Crédito da imagem: Facebook, escapedtowisnsconsin, CC-BY-NC-ND.

Sites lentos ou em manutenção deixam os usuários frustrados

Você se preocupa – muito – com a qualidade, o layout e a velocidade do site da sua empresa? Para quem tem essas preocupações diárias, os méritos virão em resultados positivos. Já para quem não se importa muito, vale ficar atento a uma pesquisa realizada pela 1&1 Internet que concluiu que sites lentos ou em manutenção são os itens que mais deixam os usuários frustrados.

Os 5 fatores que mais irritam os usuários e que fazem potencialmente seu negócio perder clientes são:

  1. Sites lentos (71%);
  2. Sites em manutenção (49%);
  3. Links quebrados (44%);
  4. Pedidos online congelados (44%);
  5. Páginas quebradas (42%);

A pedida aqui é que o site da sua empresa e do seu e-commerce esteja online 24 horas por dia e 7 dias por semana. É recomendável um alto investimento em hospedagem, infraestrutura, assim como nos profissionais que irão elaborar a página.

Outra importante dica é navegar no site como se fosse o próprio cliente, fazendo pedidos, alterando formulários preenchidos em etapas posteriores e concluindo compras via diferentes navegadores, tablets e smartphones. Sim, a sua empresa precisa ter uma site rápido e confiável também para os dispositivos móveis.

Fonte IDG Now!. Crédito da imagem: colorblindPICASO via Compfight.

E se você investe em qualidade não pode deixar de oferecer o PagSeguro como forma de pagamento para os seus clientes. É confiável e seguro. Cadastre-se agora mesmo:

Desativação de rede de spam é sucesso para todos

No Spam

Na semana passada, uma ação que reuniu vários provedores e gerenciadores de domínios internacionais conseguiu desligar os últimos servidores de comando e controle do Grum, grupo responsável pelo envio de aproximadamente 20% de todo o volume de spam que circula pela web em todo o planeta. O fato está sendo comemorado por empresas que atuam no setor de e-mail marketing em todo o mundo e que seguem as regras de uso correto desta ferramenta para ações promocionais.

Para o CEO da All In, Victor Popper, a queda dessa rede de spams significa uma grande vitória de todos os profissionais de e-mail marketing. “A prática de spam prejudica o trabalho de empresas sérias, que usam corretamente este canal de relacionamento direto com seus clientes. O e-mail é a maior fonte de acessos a sites de e-commerce, por exemplo, sendo assim, responsável por grande parte do faturamento delas”, diz

A ação que colocou fim às atividades do Grum foi coordenada pela FireEye, empresa especializada em segurança digital. Ela contou com a ajuda da Spamhaus, organização sem fins lucrativos que se dedica a rastrear spammers, com o CERT-GIB , empresa de segurança russa do Group-IB, e de um pesquisador independente.

O Grum era o terceiro maior botnet de spam em termos de número de endereços únicos de IP associados, sendo responsável pela disseminação de aproximadamente 18 bilhões de mensagens indesejáveis por dia. A Spamhaus, como uma das principais blacklisits, chegava a receber cerca de 500 mil denúncias de mensagens provenientes dos IPs da Grum por semana. O conteúdo de grande parte dos emails enviados era relacionado à promoção de medicamentos controlados, que na maioria das vezes eram falsos.

Via: E-commerce News. Crédito da imagem: Thomas Hawk via Compfight.

Outra dica muito importante é oferecer uma forma segura e confiável para os seus clientes. Cadastre-se agora mesmo no PagSeguro:

CEOs não usam redes sociais

Em tempos de boom das redes sociais, uma classe especial de executivos não parece estar muito preocupada com as novas mídias. De acordo com uma pesquisa do site CEO.com, apenas 19 dos principais executivos das 500 maiores empresas do mundo (listadas pela revista Fortune) estão no Twitter. Pior: apenas nove estão ativas.

Entre esses nove perfis “para valer”, destaque para o de Rupert Murdoch, que entrou no Twitter em janeiro e já tem 237 mil seguidores, perto da CEO da HP, Meg Whitman, com 243 mil. O investidor Warren Buffet, um dos homens mais ricos do mundo, obteve 100 mil seguidores com apenas um post.

Outros destaques da pesquisa:

  • O Linkedin é a rede preferida dos CEOs – 129 (25%) deles estão na rede para contatos profissionais.
  • Apenas 38 estão no Facebook, sendo que somente dois possuem mais de 500 amigos.
  • Só 4 estão no Google+, sendo que um, obviamente, é Larry Page (co-fundador do Google).
  • Nenhum está no Pinterest, a rede mais badalada do momento.
  • 70% dos principais CEOs do mundo não está em qualquer rede social.

Via: ComputerWorld. Crédito da imagem: Wade Courtney via Compfight.

Para você que usa as redes sociais para se comunicar com os seus clientes, não deixe de oferecer a melhor e mais segura forma de pagamento, o PagSeguro. Cadastre-se agora mesmo: