Arquivo da tag: preços

Em maio comércio eletrônico teve deflação de novo

giacometti [aka $104.300.000 stickman]
Creative Commons License Photo Credit: Paul G via Compfight

Os preços ao consumidor no comércio eletrônico recuaram 0,36% no período em maio, reforçando a tendência deflacionária dos preços no e-commerce nos últimos 16 meses, apontou o Índice Fipe/Buscapé. Nos últimos 12 meses, o índice registrou queda de 7,89%.

Das 151 categorias monitoradas, apenas 54 tiveram aumento médio de preços de 0,72%, enquanto 97 apresentaram queda média de 0,81%.

Segundo o estudo, os produtos com as maiores quedas de preço foram conversor digital (-3,65%), pen drive (-3,65%), aparelho de jantar (-2,76%), depilador elétrico (-2,72%), leitor de ebook (-2,63%) e refrigerador (-2,05%).

Por outro lado, apresentaram variações positivas os itens: mini veículo (6,83%), frigideira (4,02%), personagem de pelúcia (3,11%), notebook infantil (2,94%), PC (2,63%) e faqueiro (1,90%).

Entre os grupos apresentaram aumento em maio: cosméticos e perfumaria (1,42%), brinquedos e games (1,13%), informática (0,50%) e esporte e lazer (0,09%).

Na outra ponta tiveram queda os eletrodomésticos (-1,23%), telefonia (-0,65%), fotografia (-0,43%) e eletrônicos (-0,41%).

Via: Ultimo Instante

Start up de e-commerce ganha prêmio na Campus Party 2011

A Sieve, startup de tecnologia incubada no Instituto Gênesis da PUC-Rio, conquistou o primeiro lugar no concurso de empreendedorismo Campuseiros Empreendem, realizado na Campus Party Brasil 2011. A empresa carioca, especializada no desenvolvimento de soluções para o comércio eletrônico, apresentou o Sieve Product. A ferramenta permite ao lojista otimizar os preços praticados na internet, ao oferecer, em tempo real, os preços e a disponibilidade dos produtos da concorrência.

Felipe Salvini, CEO da Sieve, comemorou a conquista. Para o empreendedor, o Sieve Product foi premiado porque atende uma demanda específica e relevante. “Ferramentas como esta eram um luxo, hoje são uma necessidade. Num mercado crescente como o de e-commerce, é imprescindível acompanhar seus concorrentes para se posicionar bem, inclusive nos comparadores de preços”, destacou.

A disputa pelo Campuseiros Empreendem foi acirrada desde o começo. De um total de 300 inscritos, apenas 20 foram selecionados para se apresentar. A competição foi dividida em duas categorias: Geral e Aplicativos para Dispositivos Móveis. Os candidatos tiveram somente 10 minutos para expor seus projetos e outros 10 minutos para responder perguntas formuladas pelo júri, composto por especialistas e investidores. Os seis melhores foram à grande final, realizada no último dia do evento.

A Páscoa vem aí. Olho nos preços

foto: Rodrigo Paoletti, em CC

Páscoa não é só ovo de chocolate – embora o item apareça e suma com uma rapidez estonteante. Entretanto, há mais na Páscoa que chocolate e almoços onde o bacalhau é prato obrigatório. Estas datas, mesmo que não tenham absolutamente nada a ver com sua loja, podem movimentá-la. Ovos, barras e bombons tiveram aumentos entre 6% e 10% segundo o Pão de Açúcar. Se a época é o Natal das peixarias, este ano os brasileiros terão bacalhau com aumento de 15%, falta de salmão – que já estava com problemas de produção no Chile antes dos terremotos – e da merluza, importada da Argentina. O aumento dos pescados deve ser de 5%, segundo as estimativas. Vinhos e azeites, entretanto, mantem preços estáveis.

A melhor dica para comprar é a de sempre: pesquise! E boa Páscoa para todos.

PagSeguro permite oferecer desconto para pagamento à vista

É legal um vendedor cobrar preços diferentes para o pagamento à vista e outro para pagamento a prazo, com cartões de crédito? Depende. Você pode dar desconto sobre o preço anunciado quando o pagamento é feito à vista. O varejo costuma eliminar os custos do processamento e prazo do cartão de crédito, e repassam essa vantagem ao consumidor.

Essa prática é legal. E ajuda a vender mais. O Código de Defesa do Consumidor proíbe a veiculação de informações que induzam o consumidor ao erro, a respeito de qualquer caráter do produto – inclusive seu preço. Dessa forma, não é permitido anunciar preços diferentes para o mesmo produto, nem cobrar valores maiores para o pagamento feito através de um meio específico de pagamento.

Ou seja, não há nada errado em anunciar um preço, e oferecer descontos para determinadas formas de pagamento. Trata-se de uma promoção simples e legal.

Para facilitar essa oferta, o PagSeguro lançou o Parcelamento Sem Acréscimo com desconto para pagamento à vista, funcionalidade que permite ao vendedor assumir as taxas de parcelamento, e ativar o desconto para pagamento à vista. Use o simulador gratuito para ver como vai ficar o seu checkout com desconto para pagamento à vista, e se quiser, nos avise qual foi o ganho percentual em vendas, para contar seu case aqui no blog.