Arquivo da tag: vendas

4 dicas para aumentar a conversão de vendas

Algumas vezes o internauta vive o seguinte: está navegando no site “www.abcd.com.br”, clica no produto “x”, clica no botão pagar com PagSeguro, jóia. Até ai tudo bem. Abre-se a tela do checkout do PagSeguro.

Lá ele não vê nenhuma logomarca da loja “abcd”. O que encontra é um nome de “mnop” – que não tem nada a ver com o site “abcd” – e um telefone a que ninguém atende ou atende com um “Alô”. Para completar, o e-mail de contato é “mmsilva74@hotmail.com”. Você continuaria a compra? Eu e muitos outros, não.

Os dados que aparecem no checkout do PagSeguro são extremamente importantes para que o comprador sinta-se seguro para concluir o pagamento. O site cadastrado em sua conta PagSeguro Vendedor ou Empresarial tem que ser o site que aparece no checkout, e é fundamental que seja o site que o comprador clicou no botão pagar com PagSeguro.

Nossas dicas:

1. Se você não tem um domínio, o “www.nomedaloja.com.br”, providencie o registro.

2. O telefone cadastrado deve ser da sua empresa e ter uma equipe que realmente atenda e identifique-se como tal empresa ou site, por exemplo: “PagSeguro, Boa Tarde”. Para o comprador, ser recebido com um simples “Alô”, faz parecer que ligou para a casa de alguém. Se ninguém atende – ou não há um recado na secretária – pior ainda. Se você não pode dispor de uma equipe de atendimento, melhor retirar o telefone de contato.

3. O e-mail principal de sua conta é o que aparece no checkout. É importante que você cadastre um e-mail da sua empresa ou site, exemplo fulana@abcd.com.br. Se você não tem o domínio, prefira uma conta séria, como contatoabcd@uol.com.br (ou qualquer outro provedor), mas que o e-mail pareça ser de uma empresa – e não um contato de MSN com o ano que você nasceu e usa para conversar com os amigos.

4. Se a sua razão social é diferente do nome do seu site ou nome fantasia, mais importante ainda é você cadastrar a logomarca do seu site para aparecer no checkout do PagSeguro. Isso é para todos os sites, cadastre sua logomarca, tenha você uma conta vendedor ou empresarial.

Como alterar a sua conta

1. Para mudar a URL do site cadastrado para ser a mesma URL da loja, faça o pedido através do atendimento em sua conta.

2. Mudar o telefone: você pode cadastrar um novo telefone em sua conta e depois peça, no atendimento, que ele seja o principal. Para retirar um número do checkout, use o mesmo link usado para o cadastro, clique editar, selecione “Não Exibir” e salve a sua operação.

3) Para adicionar um e-mail em sua conta, use o link: https://pagseguro.uol.com.br/Security/Dados/Emails.aspx

Adicione o e-mail, faça a confirmação através do link que o PagSeguro vai enviar e então, entre novamente nessa página e defina o novo endereço como o principal.

4) Para adicionar a logomarca, você precisa ter o link da imagem. Para obtê-lo, clique o logo de seu site com o botão direito do mouse, selecione propriedades e copie o link. Cole no campo apropriado da página de configuração e salve a sua operação.

Dicas da Daniela Melo, Marketing PagSeguro

Seu cliente não precisa pagar mais pelo boleto

Quem tem empresa sabe: boletos são cobrados, sempre. No PagSeguro, quase 25% das vendas são feitas através de boleto. Mas os nossos vendedores tinham um problema: alguns compradores desistiam da compra por conta da tarifa do boleto.

Hoje, 17 de fevereiro, a Febraban realiza em São Paulo um seminário sobre DDA – Débito Direto Autorizado, projeto que prevê a eliminação dos boletos. Os principais argumentos são a eliminação do papel e a conveniência de débito automático, além da redução dos custos de cobrança.

Mas enquanto o projeto não decola, seus compradores que preferem usar boleto ainda têm que pagar a tal taxa do boleto. Aliás, não é taxa, mas tarifa, pois é um valor fixo. O PagSeguro negociou muito para ter a menor tarifa possível para que seu comprador não desista de comprar na hora H. Quando lançamos o PagSeguro, conseguimos reduzir a tarifa de R$ 2,90 para R$ 1,00. Mas melhor do que isso, seria se o comprador não tivesse custo nenhum para usar essa forma de pagamento. A novidade é que agora o vendedor PagSeguro pode assumir esta tarifa. É só acessar sua conta PagSeguro, clicar em Meus dados, Preferências de recebimentos, e selecionar que deseja assumir a taxa de administração de risco.

Ao selecionar esta opção, não haverá nenhum custo adicional para quem realiza um pagamento com boleto. O custo relativo à emissão do boleto será descontado do vendedor.

Detalhe importantíssimo: esta opção desabilita o pagamento com boleto para pedidos inferiores a R$ 2,00.

Mais funções na simulação do parcelamento

Atendendo a pedidos, o PagSeguro oferece a seus usuários um link (que está na home) que traz todos os detalhes do parcelamento sem acréscimo. Para completar, voltamos a disponibilizar, com algumas melhorias, a simulação do parcelamento com acréscimo: uma nova coluna chamada “Fatores”. Assim, fica mais fácil colocar o cálculo de parcelamento em seu site, é só multiplicar o valor do produto pelo “fator”.

Veja um exemplo da nova tela de entrada.

Agora você pode escolher oferecer parcelamento com ou sem acréscimo
Agora você pode escolher oferecer parcelamento com ou sem acréscimo

Entenda como o PagSeguro funciona com o seu fluxo de caixa

register_pagseguro11PagSeguro ajuda aumentar o seu fluxo de caixa

Hoje recebi um novo cliente que quer desenvolver um site a curto prazo para um evento acadêmico e este site receberá as inscrições e,  automaticamente, vai gerar os boletos para pagamento das taxas. Eles esperam um público de 1.000 pessoas no evento, porém reclamaram que o PagSeguro demora pra pagar. Eles precisam usar do capital para organizar seu evento, em Abril, conforme os pagamentos chegarem.

Esta questão,  que nos foi enviada por um desenvolvedor,  mostra uma dúvida bastante comum sobre o uso do PagSeguro: O prazo de recebimento.

O PagSeguro, por questões de segurança, libera o dinheiro ao vendedor 14 dias após o pagamento. Apesar desse prazo, o fluxo de caixa de quem recebe pagamentos através do PagSeguro, é positivo. Explicamos: 80% dos pagamentos são feitos com cartão de crédito e quase 60% desses pagamentos são parcelados. Quem não utiliza PagSeguro, ao invés de receber todo o valor da venda em 14 dias, receberia em no mínimo 30 dias. Se o comprador escolhesse pagar parcelado, o vendedor receberia parcelado. No PagSeguro, é tudo de uma só vez. É verdade que os pagamentos com boleto e TEF também levam 14 dias para ficarem disponíveis, mas normalmente representam apenas 20% do volume.

  • Exemplo de um cliente PagSeguro no fim de um mês: Vendeu R$ 8.000,00 com cartão de crédito Vendeu R$ 2.000,00 com boleto Recebeu tudo em 14 dias. O saldo médio disponível para saque, nesse caso, seria R$ 5.483,87, por dia. De toda forma, os R$ 10 mil chegarão ao seu bolso, descontadas as taxas do PagSeguro.
  • Exemplo de um cliente sem PagSeguro no fim do mês: Vendeu R$ 8.000,00 com cartão de crédito – que receberá (se não houver chargeback) em 32 dias Vendeu R$ 2.000,00 com boleto – que receberá em dois dias.

Resultado: o fluxo de caixa do vendedor que usa PagSeguro fica quase 3 vezes maior, comparado com a média de quem não usa (R$ 2.000 no mês).

Imagem: Register Love, por nicely85 aka intellirican’s, modificada por Lucia Freitas com o logo do PagSeguro. Licença CC-By-NC-SA

Melhoria no sistema: upload de documentos

Acabamos de implementar uma nova ferramenta no cadastro de vendedores: o upload de documentos. Com ela, o usuário poderá enviar imagens e outros documentos digitais para que a verificação da sua conta seja mais rápida e eficiente.

Experimentem e, por favor, contem como está a experiência. Mais uma ferramenta para que você enfrente menos burocracia e tenha mais lucros.