Arquivo da tag: vendas

Vendas de Natal exigem cuidado na logística

Esta semana, faremos quatro posts especiais com dicas sobre como organizar seu negócio e preparar sua loja para a época de Natal, um dos períodos mais importantes para o comércio.
Serão posts abordando os principais pontos de cuidados como controle da logística de entrega, preparação do estoque, organização de promoções e divulgação de seus produtos/serviços

Hoje começaremos falando de logística de entrega, um dos pontos mais importantes para que a estrutura de vendas, principalmente no natal, funcione com excelência.

Imagem original de Ana_Fuji

O Natal é sem dúvida uma grande oportunidade para quem quer ampliar as vendas. Mas já pensou se alguém comprar um produto com você para que ele esteja bonito na árvore de Natal de alguém e este pacote não chegar?

É um cenário muito triste, mas é o que pode acontecer com o seu cliente se você não tomar cuidado com a sua logística. Entre em contato com seu fornecedor de entrega e veja qual a capacidade que ele tem de entrega e estabeleça limites, deixando claro para seus clientes que compras a partir de determinado dia não serão entregues até o dia 24.

Seu fornecedor vai trabalhar no feriado? Tem condições de entregas de última hora? Há um plano de substituição em caso de quebra de veículos ou outros imprevistos? Se você tem uma equipe própria de entrega combine com eles o esquema de entrega para os que sempre deixam para fazer a compra de última hora.

Deixe um plantão atento para imprevistos e tente resolver sempre o problema do cliente de forma cordial e atenciosa.

Se prepare para as trocas

E lembre-se que depois do Natal vem o período de trocas de mercadorias, que vai exigir muito controle e atenção com o cliente.

E não esqueça de deixar seu cliente ciente de todas as formas de pagamento oferecidas pelo PagSeguro. Assim ele faz as compras mais tranquilo e se preocupa só em curtir este momento tão bacana que é o Natal.


Saiba como usar as cores no e-commerce

As cores mexem com a mente do ser humano de diversas maneiras, afetando inclusive em uma decisão de compra. O psicológico do consumidor é algo determinante para uma venda ser concretizada, e no e-commerce não é diferente.

A escolha de cores em uma loja virtual deve seguir um padrão de acordo com o tema da loja, dos produtos, o projeto e que gere empatia com o cliente. Botões, banners, logotipo, links, textos e outros elementos devem seguir um esquema de cores que deixem a navegação mais atrativa para o internauta. Veja abaixo as características de cada cor e sua função no e-commerce.

Vermelho

Poder, energia, amor, ternura, agressão, colisão e paixão. É a cor que estimula todos os tipos de apetites. Indispensável para sites de entretenimento adulto. Cor do sangue.

Laranja

Criatividade, alegria, entusiasmo, diversão, alta espiritualização e juventude. O laranja é menos intenso que o vermelho, o que representa a jovialidade, também usado para mostrar divertimento, alegria e estimular o apetite. Um fato interessante é que pode fazer produtos caros parecerem mais baratos. Uma boa sugestão para produtos em promoção.

Amarelo

Otimismo, alegria, esperança, filosofia, desonestidade, covardia, traição. A cor amarela ajuda o seu cérebro a liberar serotonina, que faz as pessoas se sentirem felizes e cheias de energia.

Azul

Verdade, conservadorismo, segurança, tecnologia, limpeza, tristeza e ordem. O azul escuro é ideal para os negócios porque simboliza a estabilidade financeira, profissionalismo e fidelidade É a cor que possui menor rejeição no mundo.

Verde

Ambiental, ecológico, frescor, calma, harmonia, saúde, inexperiência, dinheiro, natureza e tranquilidade. O verde representa a vida na maioria de suas aplicações. É uma cor muito agradável e neutra, podendo ser considerada em alguns casos quente e em outros fria. Graças a estas propriedades e a representação de natureza, muitas empresas tem usado esta cor.

Rosa

Apreciação, delicadeza, feminilidade, floral, gentileza, gratidão, inocência, romantismo, leveza e tranquilidade. O Rosa é a cor mais feminina de todas, pois trás a sensação de delicadeza e inocência. É uma cor suavizada do vermelho e expressa a visão das garotinhas, balas de goma e doces. No e-commerce diretamente associado ao universo feminino.

Roxo

Cerimônia, alto valor, fantasia, justiça, mistério, notoriedade, realeza, sofisticação e espiritualidade. O roxo é uma combinação de vermelho e azul, trazendo características de ambas as cores, mas com força de realeza ou luxúria. Usado para representar produtos de luxo, de alto valor.

Marrom

Calma, profundidade, terra, natureza, rascunho, riqueza, simplicidade, seriedade, submissão, cacau, café, utilidade e madeiramento. Muito usado em sites relacionados à construção civil, produtos naturais, produtos ecológicos. É uma cor mais quente, mas no sentido de aconchego.

Preto

Autoridade, rigidez, clássico, conservador, formalidade, mistério, tradição. Preto é tecnicamente a absorção de todas as cores. Por conta disso ele representa a autoridade, rigidez, elegância e tradição. Pode ser encontrado em muitos logos com simplicidade e sofisticação.

Cinza

Autoridade, mentalidade corporativa, humildade, praticidade, respeito, estabilidade e neutralidade. Cinza é um tom entre branco e preto, decorrente disso ele é uma mistura de ambos, está em um ponto entre as dualidades como o bem e o mal, normalmente vem acompanhado de outra cor, já que combina com a maioria por ser uma cor neutra. Usado por em sites de tecnologia, produtos de última geração.

Branco

Limpeza, inocência, paz, pureza, refinamento, esterilidade, simplicidade, confiabilidade e rendimento. Branco é universalmente a cor da paz e da pureza, mas cuidado, em algumas culturas orientais, o branco representa a morte e deve ser evitado. Muito usado em sites com jogos de negativo/positivo, ou com textos reversos.

Fonte: Blog do E-commerce
Foto: Bernat

Consumidor deve ter cautela nas compras a prazo no Dia das Crianças, recomenda Serasa Experian

No dia 12 de outubro será comemorado o Dia das Crianças, data conhecida pelo comércio como termômetro para o Natal. Quem ainda não providenciou os presentes, pode aproveitar os dias que faltam para planejar melhor o dinheiro e pesquisar os lugares que oferecem boas condições de pagamento. Segundo os economistas da Serasa Experian, na hora da compra, é preciso que o consumidor tenha cautela evite os prazos mais longos de financiamento que comprometem ainda mais a sua renda, principalmente para quem já está endividado.

Ainda de acordo com os economistas da empresa, não há problemas em parcelas os presentes, entretanto, fazer uma compra e assumir muitas parcelas envolve maior incerteza no futuro, considerando a aproximação das festas de final de ano e as despesas típicas do início de 2013, como IPVA, IPTU, matrícula, material escolar, entre outras. Continue lendo

Tempo de espera é prejuízo na certa

Assim que seu cliente comprou um produto ele só espera uma coisa: receber o quanto antes a mercadoria. Simples assim. E qualquer coisa que aconteça no meio deste caminho de errado vai deixa-lo muito insatisfeito. E daí vai ter reclamação, dor de cabeça e cancelamento de compra.

Some isso ao fato da famosa frase “produto parado no estoque é dinheiro parado” e você vai ver porque é importantíssimo que você despache a sua mercadoria o quanto antes. Combine com seu fornecedor de logística horários de retirada ou senão várias idas até o correio mais próximo. Você pode compor um esquema com algum serviço de motoboy para várias idas até o centro de despacho.

Venda com pagamento confirmado é dinheiro no caixa desde que a mercadoria chegue no prazo combinado e em bom estado. Então corra para ganhar mais. E claro, não esqueça de oferecer várias condições de pagamento usando o PagSeguro. Abra sua conta grátis agora clicando no botão abaixo:

Crédito da imagem: Βethan via Compfight.

Investir na qualidade no e-commerce é aumento de lucro na certa

Tão falada nas grandes empresas, a qualidade total não pode ser deixada de lado em qualquer tipo de comércio digital. O mais importante é que você tenha um controle do que não está dentro do esperado. Quantas mercadorias estão voltando por mês? Quantas entregas não foram efetuadas? Houve demora no despacho? Está tendo perda de embalagens?

Anote estes dados numa planilha e acenda uma luz vermelha se algo for recorrente. Depois de implantar o controle e com as informações na mão, é hora de aplicar um plano de ação com a meta de zerar tudo que não está dentro do padrão esperado. Estabeleça a meta do erro zero e quando algo sair do padrão corra para resolver o problema. Tenha atitudes padronizadas para reverter os processos e se possível se antecipe na solução.

Ter alguém decepcionado na outra ponta pode significar a perda de muitos clientes, já que esta insatisfação pode repercutir rapidamente entre os contatos da pessoas e até nas redes sociais. Não tem segredo: venda rápido e entregue rápido e com qualidade. Os lucros só irão aumentar. E não esqueça, é claro, de oferecer uma forma segura e com várias opções de pagamentos abrindo agora mesmo sua conta no PagSeguro. É só clicar no botão abaixo. É rápido e gratuito.

Crédito da imagem: epSos .de via Compfight.

Menor número de e-mails resulta em maior conversão em vendas no e-commerce

O gerente comercial da All In, Thiago Antunes, foi o responsável por uma das declarações de maior impacto do Fórum E-commerce Brasil, evento que reuniu mais de duas mil pessoas no último sábado (25/08) na Expo Transamérica, em São Paulo. Em sua palestra intitulada “O novo email marketing: Qual o limite do relacionamento?”, ele afirmou que, enviar campanhas para um número mais enxuto de pessoas, com cuidado na seleção dos e-mails, tem um resultado melhor em vendas do que o uso de listas gigantes e sem conhecimento do perfil dos receptores.

Ao alertar para a necessidade de personalizar cada vez mais as mensagens, Thiago explicou que acreditar em regras de consenso geral neste segmento pode ser um grande erro. Segundo ele, muitos afirmam que a conversão em vendas fica sempre entre 4% e 5% do total de endereços da lista. Com este raciocínio a dedução seguinte é a de que basta aumentar o número de contatos para que o volume de negócios também cresça.

“Mas temos constatado no dia-a-dia que as listas feitas com maior preocupação com o relacionamento e conhecimento do receptor conseguem ultrapassar em muito este patamar de conversão. Por outro lado, as listas inchadas e sem cuidado tem efeito justamente contrário”, disse.

Outra orientação da palestra foi a de que as empresas dêem um tratamento diferenciado para as pessoas que abrem e as que não abrem suas campanhas. “Reduzir o volume de envios para quem não abre as peças e até mesmo excluir os inativos, produz um aumento direto na reputação e, conseqüentemente, na probabilidade de conversão”, completou Thiago que enriqueceu todas as declarações com a apresentação de cases desenvolvidos pela própria All In.

A empresa foi uma das patrocinadoras do evento e esteve presente com estande onde os profissionais do setor puderam conhecer sua linha de atuação, seus cases de sucesso e os preceitos que fazem da companhia uma das mais respeitadas no envio de email marketing no Brasil.

Via divulgação. Crédito da imagem: Sean MacEntee via Compfight.

Seus funcionários usam o seu e-commerce?

Seus funcionários usam o seu e-commerce? Uma boa maneira de analisar a navegabilidade e os recursos do seu comércio eletrônico é observando o comportamento dos seus funcionários quando acessam a sua loja. Sem maiores dados técnicos, é possível analisar como um público mais comum atua quando se depara com a sua página de vendas na internet.

Não é muito raro encontrar comentários de que o sistema de logística e a precificação até que estão funcionando e de acordo com o mercado, respectivamente, porém ao entrar na página o sistema de compras é tão confuso que faz com que o usuários desista da compra.

É evidente que isso varia muito conforme o segmento social que o seu comércio eletrônico atua, mas em um cenário com mais de 80 milhões de pessoas que têm acesso a internet, excluir o público mediano é uma atitude delicada e muitas vezes perigosa.

No e-commerce também vale a máxima “casa de ferreiro, espeto de pau”. Seus funcionários são os primeiros que devem ter conhecimento de como todo o sistema funcionada e quais os setores são responsáveis por quais áreas. Um entendimento desse nível faz com que o funcionário compreenda a dimensão do seu trabalho e torna tudo mais fácil.

Crédito da imagem: Tintin44 via Compfight.

E uma dica que pode ser repassada tanto para funcionários quanto para clientes é o uso seguro de um meio de pagamento online. Cadastre-se agora mesmo no PagSeguro e desfrute de todos os benefícios: